História

Pra que serve uma biblioteca em tempos digitais?

Pra que serve uma biblioteca em tempos digitais?

   Por Christine Castilho Fontelles – Colaboradora do Centro de Referências em Educação Integral. Algumas práticas humanas se modificaram e outras sobreviveram ao longo da história. Talvez guiados pelo mesmo padrão que garantiu a evolução das espécies, segundo Darwin, nossa decisão está sempre pautada em assegurar perpetuidade. A educação, baseada nas trocas entre humanos, é uma […]

LITERATURA – O ÚLTIMO DISCURSO – CHARLES CHAPLIN

LITERATURA – O ÚLTIMO DISCURSO – CHARLES CHAPLIN

CHARLES CHAPLIN O ÚLTIMO DISCURSO Charles Chaplin “Me desculpem, mas eu não quero ser um imperador. Não é esse o meu ofício. Não quero governar ou conquistar ninguém. Gostaria de ajudar a todos — se possível — judeus, não-judeus, negros e brancos. Todos nós queremos ajudar uns aos outros. O ser humano é assim. Desejamos […]

Filosofia – As tarefas da inteligência – Florestan Fernandes

Filosofia – As tarefas da inteligência – Florestan Fernandes

     Interpretar as coisas, pensá-las, é uma espécie de doença dos intelectuais. Doença ou vício – como quis alguém – que se transforma em hábito, minando-lhes o modo de ser e roendo-lhes a capacidade primária de considerar as coisas com seus aspectos mais simples, elementares. O sr.  Astrojildo Pereira, que reuniu em livro recente […]

Em evento na Fundaj Ministro volta a atacar política de educação inclusiva para crianças deficientes

Em evento na Fundaj Ministro volta a atacar política de educação inclusiva para crianças deficientes

A AÇÃO DESUMANA E O TRISTE FIM DE JOAQUIM NABUCO Ministro cita números sobre crianças deficientes nas escolas e causa novamente polêmica (foto G1PE) Com informações do G1PE  O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou nesta quinta-feira (19) que há crianças com “um grau de deficiência que é impossível a convivência”. A declaração foi dada durante uma […]

A origem dos nomes de bandas de rock

A origem dos nomes de bandas de rock

   Muitas bandas que gostamos tem a origem de seus nomes em hostórias que a gente nem imagina. Confira a seguir algumas delas. Beatles Tanta gente perguntava a origem do nome para John Lennon que cada vez ele inventava uma história diferente. A mais aceita é que o primeiro nome, The Beetles (“Os Besouros”), foi […]

Vinho & Guerra – Entrevista exclusiva com os autores

Vinho & Guerra – Entrevista exclusiva com os autores

Como eu já disse em oportunidades anteriores e se constata no meu perfil, publico uma coluna homônima deste blog (a coluna é que cedeu seu nome ao blog), mensalmente, no CirculandoAqui.com.br, de Cambará(PR) e no Comércio do Jahu, de Jaú(SP). E a 50ª coluna ficou realmente especial, pois traz uma entrevista exclusiva com os autores […]

O vinho espanhol Toro Loco Tempranillo

O vinho espanhol Toro Loco Tempranillo

     Já chegou ao Brasil o vinho Toro Loco Tempranillo, fabricado na região de Utiel-Requena, na província espanhola de Valencia. O rótulo foi eleito um dos melhores do mundo por especialistas em uma competição no Reino Unido. Lá, ele é vendido em um supermercado popular por apenas 3,59 libras (cerca de R$ 11,50), com a marca do […]

Gravura: O Gato de Botas – Gustave Doré

Gravura: O Gato de Botas – Gustave Doré

   “O Gato de Botas, um dos mais interessantes dos Contos de Perrault, mereceu uma deliciosa gravura de Doré. A cara do gato conta logo quem é esse grande finório, cheio de truques, inventivo, e que muito ajuda seu amo, o filho do moleiro que graças ao espírito aventureiro do gato, é transformado no Marquês de […]

A menina que roubava livros

A menina que roubava livros

   Liesel Meminger enfrenta a morte cara a cara três vezes. Sobrevive de cara lavada. De tão impressionada, a Dona Morte, ela mesma, decide contar a história da menina, que se habituou, desde cedo, a roubar livros, como forma de prosseguir a viver e a sonhar em meio a mil palavras perdidas. A morte fala, […]

O Tropicalismo: um movimento mais que musical

O Tropicalismo: um movimento mais que musical

     Quase 50 anos depois de iniciado o movimento, depois de aviões sob a cabeça e prisões, estamos aqui. São 70 anos de vida e 50 de carreira de Gil; 40 anos de um discaço pra inglês ver de Caetano. Foram-se Torquato, Glauber e Oiticica. Outros muitos sobreviveram ao exílio, ao ostracismo, às drogas. […]