Deixe um comentário

Ataque de Maia a Temer tem apoio do líder do DEM

O Globo – Cristiane Jungblut

Na véspera da chegada à Câmara da segunda denúncia da PGR contra o presidente Michel Temer, o líder do DEM na Câmara, deputado Efraim Filho (PB), engrossou as críticas feitas pelo colega de partido e presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), contra o PMDB e até mesmo contra o próprio Temer. Efraim, que na primeira denúncia muitas vezes adotou um discurso crítico ao governo, disse que são “mesquinhas” as atitudes do PMDB para atravessar as negociações do DEM com políticos descontentes de outros partidos, em especial do PSB.

O presidente nacional do PMDB, senador Romero Jucá (RR), conseguiu “roubar” do DEM a filiação do senador Fernando Bezerra (PE), que deixou o PSB e foi para o PMDB, desistindo de entrar no DEM. Entre os aliados do presidente Temer e interlocutores do Palácio do Planalto, há preocupação de como essa rebeldia afetará a tramitação da segunda denúncia contra Temer.

Interlocutores do Planalto disseram que Maia avançou o sinal ao criticar diretamente o presidente Temer, quando deveria se limitar a atacar Jucá, que é o comandante do partido. Ontem, voltou o discurso de que estão tratando aliados como adversários e avisou que a “revolta” dentro do DEM pode virar uma “rebelião”.

Nos bastidores, porém, alguns aliados brincam que o presidente da Câmara voltou a ser “mordido pela mosca azul” e alertam que ainda terão que lidar com o presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG),  Líder do DEM, Efraim disse que o PMDB não está ajudando a agregar a base aliada.

Deixe um comentário

Críticas ao governo: Temer chama Maia para conversar

Blog de Andreia Sadi

Para tentar contornar o mal-estar com Rodrigo Maia, o presidente Michel Temer procurou nesta quinta-feira o presidente da Câmara para um conversa.

Temer, no entanto, não conseguiu localizar Maia. Assessores do presidente afirmaram ao Blog que o presidente tentou falar por telefone com Maia quando o deputado estava voando do Rio de Janeiro para São Paulo.

Maia foi a um jantar com os prefeitos de São Paulo, João Doria, e de Salvador, ACM Neto

Temer quer evitar que as críticas de Maia aos ministros palacianos e ao PMDB tome proporções que possam contaminar o ambiente para a votação da segunda denúncia na Câmara.

Rodrigo Maia disse que os aliados do governo não podem “ficar levando facada nas costas” do PMDB e de ministros com gabinete no Palácio do Planalto.

Questionado sobre o gesto de Temer, Maia disse a aliados que ainda não havia checado seus recados porque estava em reunião.

O presidente da Câmara só retorna a Brasília nesta sexta. A ideia de Temer é chamá-lo para uma conversa no Palácio do Jaburu.

Deixe um comentário

C H A R G E

C H A R G E

Deixe um comentário

Militares saem em defesa de Mourão e entram em confronto direto com políticos

O clima está esquentando entre militares descontentes com os rumos que a política nacional está tomando e com a forma agressiva com que alguns políticos investiram contra o general Mourão, em face de recentes declarações durante uma palestra numa loja maçônica de Brasília.

O general Paulo Chagas acaba de enviar uma carta com teor fortíssimo para o senador Randolfe Rodrigues, que teria se referido ao general Mourão taxando-o de ‘maluco’.

Abaixo, veja a carta.

Exmo Sr Senador Randolfe Rodrigues

Corrija-me, por favor, se eu estiver enganado, mas, de acordo com as minhas observações, baseadas na forma como V.Exa. faz seus pronunciamentos públicos, o senhor faz parte de uma minoria que se julga discriminada no conjunto da sociedade e que, coerentemente, empenha-se pela aprovação de leis que privilegiem o seu direito à vida, à manifestação de suas opções e à integridade física, acima do que é oferecido aos demais brasileiros. Repito, por favor, corrija-me e desculpe-me se eu estiver enganado!

Pensando assim, julgo ser incoerência da sua parte a exclusão dos militares do direito à opinião e a criminalização das Instituições Armadas por realizarem a análise e o planejamento da execução das suas missões constitucionais.

O seu pronunciamento na Tribuna do Senado a respeito da palestra e das declarações do General Antônio Hamilton Mourão, no Grande Oriente do Brasil, permite acreditar que, na sua opinião, os militares não têm esse direito e que devem ser considerados e tratados como cidadãos de segunda classe, condenados ao silêncio e ao servilismo!

O Senhor se refere a um integrante do Alto Comando do Exército como “maluco”, e à instituição a que pertence como “chantagista” sem considerar que fazem parte da sociedade e da estrutura organizacional do estado brasileiro e desconsidera que a democracia garante a TODOS os brasileiros o direito de pensar, querer, defender suas ideias e anseios e de exercer, na plenitude, a sua profissão e o seu dever profissional!

A postura adotada por V.Exa, nos permite aduzir que, na sua maneira de pensar, a divulgação de posições pessoais e, neste caso, PROFISSIONAIS de militares, mesmo que no ambiente reservado de um Templo Maçônico, constitui-se em ameaça à democracia e à hierarquia, quando, na verdade, é e foi, apenas, a difusão da análise institucional de uma missão prevista na constituição!

Os militares, Senador Randolfe, têm o dever de estar SEMPRE atentos às conjunturas interna e externa para, SE NECESSÁRIO, correr em socorro da Pátria e da sociedade quando essas estiverem dominadas pela ilegalidade e pela desordem, como é, sem dúvida, o rumo tomado pelo Brasil quando o observamos de dentro do local de trabalho de VExa.

Mais ainda, senhor Senador, as FFAA devem planejar seu emprego dando prioridade às hipóteses mais extremas e graves, como é o caso da situação de completa ausência de condições de qualquer dos poderes para cumprir seus deveres e de assumir a iniciativa das providências necessárias ao restabelecimento da ordem e do cumprimento das leis, conforme foi comentado pelo General!

Na opinião de grande parte da sociedade, onde incluo a minha, considerando a fragilidade moral dos três poderes da República, essa hipótese, além de ser a mais grave, é também a de maior probabilidade de ocorrer, portanto, senhor Senador, crescem de importância, de seriedade e de utilidade pública as declarações do brilhante militar pretensiosamente criticado por VExa.

Sugiro que o Senhor medite sobre a incoerência e o despropósito do seu pronunciamento e que, em oportunidade que obviamente não lhe faltará, retrate-se publicamente, para o bem da verdade, da sua imagem e da tranquilidade do povo dessa terra devastada pela prática da demagogia, da desonestidade e da irresponsabilidade, como V.Exa. muito bem sabe!

Respeitosamente

General de Brigada Paulo Chagas

Deixe um comentário

A avenida onde Temer esconde parte da propina que recebeu

Se está difícil para o presidente Michel Temer continuar governando o país, certamente vai ficar muito pior.

Basta que venha à tona a delação de Lúcio Funaro, o velho personagem de manobras ilícitas e obscuras praticadas em Brasília, operador de Eduardo Cunha e pivô da prisão de Geddel Vieira Lima.

Funaro garante que Michel Temer comprou com dinheiro produto de propina, um andar inteiro em um prédio novíssimo e caríssimo na Avenida Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo, um dos lugares mais valorizados do país.

A negociação, segundo o delator, teria sido realizada por José Yunes, que segundo ele era quem administrava e investia os valores ilícitos recebidos por Michel Temer.

Além desse andar inteiro, outros inúmeros imóveis foram adquiridos pelo atual presidente, e distribuídos em nome dele próprio e de familiares.

O filho Michelzinho, por exemplo, é um abastado proprietário de imóveis e fundos. As três filhas do primeiro casamento do atual presidente também foram agraciadas pela benevolência do pai.

Deixe um comentário

Zé de Abreu e ex-mulher, suspeitos de falsificação de notas fiscais na Lei Rouanet (veja os documentos)

Intimados a comprovar os gastos com recursos obtidos através da Lei Rouanet, o ator global José de Abreu e sua ex-mulher, a atriz Camila Paola Mosquella, são suspeitos de falsificação de notas fiscais na prestação de contas do dinheiro obtido.

A dupla dinâmica já foi condenada a restituir aos cofres públicos R$ 300 mil destinados a peça ‘Fala Zé’, por não terem realizado a prestação de contas.

Desta feita, um monólogo de Camila está na mira do Ministério da Cultura. Ao contrário do que aconteceu na peça ‘Fala Zé’, os documentos (notas fiscais) comprobatórios das despesas foram apresentados, mas tudo indica, foram falsificados.

A análise dos documentos, feita pela CPI da Lei Rouanet, identificou a mesma caligrafia em todas as notas fiscais apresentadas, por empresas de 20 cidades diferentes, locais onde supostamente os espetáculos foram realizados.

Além disso, duas notas em especial, emitidas pela empresa Bravix Produções Artísticas e Cinematográficas Ltda, de Rio Bonito-RJ, causaram estranheza na CPI.   De acordo com os documentos apresentados, a nota de número 001382 tem a data de novembro de 2009. Já a nota 001385, que em tese deveria ser posterior à primeira, é datada de outubro do mesmo ano. Veja as notas:

 

 

Parece evidente a fraude.

Deixe um comentário

Algoz de Moro, procuradora pode ser demitida a bem do serviço público por ‘engavetamento de processos’

A procuradora da República Áurea Pierre autora do pedido ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) para que julgue um capenga pedido de suspeição do juiz Sérgio Moro, é alvo de um processo disciplinar por engavetar mais de mil processos.

Segundo o site ‘O Antagonista’, que descobriu a maracutaia, ‘na portaria que instaurou o PAD, em dezembro passado, o corregedor Claudio Portela do Rego informa que, entre os anos de 2015 e 2016, a subprocuradora deixou de promover o andamento de centenas de processos judiciais.’

‘No primeiro levantamento, foram encontrados 773 processos paralisados por 12 meses, dentre os quais 305 relacionados a réus presos.’

‘O último relatório da correição indicou mais que o dobro de processos paralisados: 1650 casos, sendo que 1.001 estavam sem qualquer movimentação havia mais de 1 ano.’

No mínimo, esta senhora não gosta de trabalhar.

Entre as penalidades a que está sujeita, consta a de demissão a bem do serviço público, de acordo com o que for apurado no processo administrativo, ainda em andamento.

Deixe um comentário

Populares encontram Meirelles em Nova York e detonam hostilidades e xingamentos (veja o vídeo)

O ministro da Fazenda Henrique Meirelles foi alvo de protestos nesta quarta-feira (20) em Nova York, nos Estados Unidos.

Inúmeros xingamentos foram disparados por brasileiros residentes nos Estados Unidos, que acusavam Meirelles de estar ‘vendendo o Brasil’.

‘Canalha’, ‘golpista’, ‘banqueiro ladrão’, ‘traidor’, ‘rato’ e ‘ladrão’, foram algumas das expressões ouvidas.

Para se desvencilhar do ‘embaraço’, o ministro da Fazenda pegou o primeiro táxi que avistou.

Abaixo, veja o vídeo.

Deixe um comentário

Maia acusa ministros de Temer de enfraquecer o DEM

“O DEM não pode ficar levando facada nas costas do PMDB”

Folha de S.Paulo – Gustavo Uribe, Talita Fernandes, Daniel Carvalho e Angela  Boldrini

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), adotou nesta quarta-feira (20) um discurso de enfrentamento contra o PMDB e auxiliares do presidente Michel Temer. Ele acusou o presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral) de atuarem para enfraquecer e evitar o crescimento do DEM.

Na saída de jantar na embaixada chilena, Maia disse que alertou Temer nesta quarta-feira (20), em mensagem de celular, sobre o movimento de integrantes de sua equipe e o considerou “grave”.

“Que o PMDB pare de tentar reduzir o crescimento do DEM na Câmara dos Deputados. Isso é uma coisa que alertei o presidente. Isso é muito grave e não ajuda quando o próprio Palácio do Planalto participa dessa operação”, disse.

O DEM identificou ainda nesta quarta-feira (20) que o PMDB estava assediando o deputado federal Marinaldo Rosendo (PSB-PE), que estava em conversas com o DEM.

Na Câmara, após o jantar, Maia disse que a relação entre DEM e PMDB tem parecido a de “adversários” e disse esperar que não vire de “inimigos”.

“Se é assim que eles querem tratar um aliado, eu não sei o que é ser adversário”, disse.

Maia ficou incomodado com proposta apresentada nesta quarta-feira (20) por Jucá que dificulta a pretensão de partidos de aumentar a janela partidária em 2018, caso do DEM, que pretende filiar dissidentes do PSB.

Para evitar que siglas engordem seus caixas partidários com a filiação de deputados, a inciativa leva em conta o número de parlamentares em 10 de agosto de 2017 para a distribuição de recursos para a disputa eleitoral.

“A gente espera que o PMDB, entendendo tudo que o DEM fez pelo governo até agora, tenha respeito e tire os pés de nossa porta”, disse Maia.

Segundo ele, o DEM não pode “ficar levando facada nas costas” do PMDB, “principalmente dos ministros do Palácio do Planalto e do presidente nacional do PMDB”.

No início deste mês, o PMDB filiou o senador Fernando Coelho (PE), que estava no PSB e negociava ingressar no DEM.

“Nas últimas semanas, o que a gente tem visto é o contrário, inclusive com a participação do ministro Moreira Franco e do ministro Eliseu Padilha na filiação do senador Fernando Coelho”, criticou.

Maia observou, contudo, que o episódio não afetará seu comportamento em relação à denúncia contra o presidente. “Não vamos misturar as coisas. Cada deputado vai votar com a sua consciência”, disse.

O líder do DEM na Câmara, Efraim Filho (PB), também a fazer ameaças ao governo de Michel Temer. “O PMDB está construindo muros quando deveria construir pontes. Consequências virão”, disse àFolha, sem querer detalhar quais seriam as consequências.

Quando o PMDB oficializou o convite aos Bezerra Coelho, Efraim já havia dito que “haveria troco”.

Deixe um comentário

Operação da PF prende ex-prefeito de Lagoa do Carro

Do G1/Pernambuco

A Polícia Federal em Pernambuco (PF) prendeu, na manhã de hoje, o ex-prefeito de Lagoa do Carro Severino Jerônimo da Silva, conhecido como Jaílson do Armazém. Ele é um dos alvos da ‘Operação Mata Norte’, deflagrada para desmontar uma rede de corrupção e um esquema de fraude com recursos enviados para compra de merenda escolar no município, distante 60 quilômetros do Recife. O prejuízo aos cofres públicos é estimado em R$ 512 mil.

Ao todo, a PF cumpriu nove mandados de prisão preventiva, cinco de condução coercitiva, quando a pessoa é levada para prestar depoimento, bem como 18 de busca e apreensão. As ações ocorreram no Recife, em Jaboatão dos Guararapes, Paulista e Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana, além de Lagoa do Carro, Nazaré da Mata e Carpina, na Mata Norte.

Entre os detidos, de acordo com a PF, estão donos de empresa de alimentação, um secretário municipal, um advogado. Também foram alvo da ação pessoas utilizadas para viabilizar as fraudes, os conhecidos ‘laranjas’. Oitenta e cinco policiais federais e dez servidores da Controladoria-Geral da União participaram da operação.

A ‘Operação Mata Norte’ é parte de uma investigação iniciada em julho de 2017. O trabalho começou com um Relatório de Auditoria da Controladoria-Geral da União, que relatou denúncias de contratação fraudulenta por meio de empresas para fornecimento de merenda escolar para a Prefeitura de Lagoa do Carro, entre 2013 e 2016.

Ficou constatado, segundo a PF, o desvio de recursos públicos federais decorrentes do Programa de Apoio à Alimentação Escolar na Educação Básica (PNAE). Havia sobre preço e superfaturamento nos valores das licitações para obtenção de vantagem ilícita em detrimento da alimentação dos alunos. As empresas investigadas atuam em outros municípios pernambucanos e também são fornecedoras de órgãos estaduais.

Segundo os dados do sistema “Tome Conta” mantido pelo Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE), o montante de recursos públicos empenhados por entes municipais e estaduais investigadas entre, 2012 e 2017, representa mais R$ de 87 milhões.

Esquema

De acordo com a PF em Pernambuco, a fraude funcionava da seguinte maneira: processos licitatórios eram montados, dando aparência de legalidade e de competitividade entre as empresas integrantes do esquema. Elas se revezavam na contratação com a Prefeitura de Lagoa do Carro. A PF ressalta que o esquema contava, ainda, com a participação de políticos, sócios de empresas, empresários, advogado, servidores públicos, pregoeiros e assessores jurídicos.

Delitos

Todos os presos foram conduzidos para a sede da Polícia Federal, na área central do Recife. Eles serão indiciados pelos crimes mediante seu grau de envolvimento e participação. Entre os delitos atribuídos ao grupo estão: desvio de recursos públicos, fraude em licitação e associação criminosa.