Arte

Fotografias ‘Mundo Vasto Mundo’

Fotografias ‘Mundo Vasto Mundo’

Poema de Sete Faces Carlos Drummond de Andrade “Quando nasci, um anjo torto desses que vivem na sombra disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida. As casas espiam os homens que correm atrás de mulheres. A tarde talvez fosse azul, não houvesse tantos desejos. O bonde passa cheio de pernas: pernas brancas pretas amarelas. Para […]

LITERATURA – De que são feitos os dias? – Cecília Meireles

LITERATURA – De que são feitos os dias? – Cecília Meireles

De que são feitos os dias? – De pequenos desejos, vagarosas saudades, silenciosas lembranças. Entre mágoas sombrias, momentâneos lampejos: vagas felicidades, atuais esperanças. De loucuras, de crimes, de pecados, de glórias – do medo que encadeia todas essas mudanças. Dentro deles vivemos, dentro deles choramos, em duros desenlaces e em sinistras alianças…

MÚSICA – Quem sabe isto quer dizer amor – Milton Nascimento

MÚSICA – Quem sabe isto quer dizer amor – Milton Nascimento

MÚSICA Quem sabe isto quer dizer amor – Milton Nascimento

Erros e acertos de Picasso são vistos como poesia por Affonso Romano de Sant’Anna

Erros e acertos de Picasso são vistos como poesia por Affonso Romano de Sant’Anna

O jornalista e poeta mineiro Affonso Romano de Sant’Anna, no poema “Entrando no Museu Picasso”, aponta os erros que o artísta possuía tanto na pintura quanto no amor, constituindo-se em errância, numa extravagância de erros. ENTRANDO NO MUSEU DE PICASSO Affonso Romano de Sant’Anna Picasso erra quando pinta e erra quando ama. Mas quando erra […]

MÚSICA – Lady – Kenny Rogers

MÚSICA – Lady – Kenny Rogers

MÚSICA Lady – Kenny Rogers

Nelson Rodrigues – A vida como ela é

Nelson Rodrigues – A vida como ela é

     Nelson Falcão Rodrigues (Recife, 23 de agosto de 1912 — Rio de Janeiro, 21 de dezembro de 1980) foi um importante dramaturgo, jornalista e escritor brasileiro. Nascido em Recife, Pernambuco, no ano de 1912. Mudou-se em 1916 para a cidade do Rio de Janeiro. Quando maior, trabalhou no jornal A Manhã, de propriedade […]

MÚSICA – Poema – Ney Matogrosso

MÚSICA – Poema – Ney Matogrosso

MÚSICA Poema – Ney Matogrosso

MÚSICA – Oração ao tempo – Caetano Veloso

MÚSICA – Oração ao tempo – Caetano Veloso

MÚSICA Oração ao tempo – Caetano Veloso

LITERATURA – O ÚLTIMO DISCURSO – CHARLES CHAPLIN

LITERATURA – O ÚLTIMO DISCURSO – CHARLES CHAPLIN

CHARLES CHAPLIN O ÚLTIMO DISCURSO Charles Chaplin “Me desculpem, mas eu não quero ser um imperador. Não é esse o meu ofício. Não quero governar ou conquistar ninguém. Gostaria de ajudar a todos — se possível — judeus, não-judeus, negros e brancos. Todos nós queremos ajudar uns aos outros. O ser humano é assim. Desejamos […]

LITERATURA – Esperança – Vicente de Carvalho

LITERATURA – Esperança – Vicente de Carvalho

Esperança Vicente de Carvalho Só a leve esperança em toda a vida Disfarça a pena de viver, mais nada; Nem é mais a existência, resumida, Que uma grande esperança malograda. O eterno sonho da alma desterrada, Sonho que a traz ansiosa e embevecida É uma hora feliz, sempre adiada E que não chega nunca em […]