Deixe um comentário

Após cobranças de Eduardo da Fonte, ANEEL volta atrás e resolve reduzir conta de luz

Foto: Lúcio Bernardo Júnior/Ag. Câmara

Em audiência pública realizada na manhã desta quarta-feira (20), na Comissão de Minas e Energia da Câmara, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) voltou atrás e desistiu de autorizar o aumento de 7% na conta de luz dos consumidores residenciais em Pernambuco, como previa a terceira revisão tarifária periódica.

De acordo com o diretor da ANEEL, Julião Silveira Coelho, não haverá mais o aumento, e sim uma diminuição para o consumidor residencial de 1,81%. A indústria terá uma redução de 6,39%. O efeito médio para o consumidor será de – 3,45%.

Para o presidente da  comissão de Minas e Energia, deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), a redução anunciada pela agência reguladora foi mais uma conquista do povo pernambucano.

“O trabalho da comissão já está dando um grande resultado. O anúncio da redução de quase 2% é mais uma vitória para o povo pernambucano. Após nossos questionamentos, eles perceberam que havia coisa errada”, afirmou o progressista.

No dia 27 de fevereiro, em audiência pública no Recife, a ANEEL chegou a divulgar um aumento de 7% aos consumidores residenciais e uma redução de 3% para as indústrias. A nova revisão tarifária será aplicada, segundo a ANEEL, no final do mês de abril.

Participaram da audiência o presidente da Celpe, Luiz Antônio Ciarlini, o diretor- geral em exercício da ANEEL, Romeu Rufino; o presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (ABRADEE), Nelson Fonseca, e a representante da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (PROTESTE), Flávia Lefèvre.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: