Arquivo de Tag | Escritor

L I T E R A T U R A  –  CANÇÃO DE SAUDADE DESGOVERNADA – Flávio Chaves

L I T E R A T U R A – CANÇÃO DE SAUDADE DESGOVERNADA – Flávio Chaves

L I T E R A T U R A Poeta  Flávio Chaves CANÇÃO DE SAUDADE DESGOVERNADA Em teus lábios, ascende aurora que me inflama, Canção cristalina e calma, amanhece janeiro sem abrigo Como as ruas do menino que sempre vem comigo, E o abraço que carregas em ti e em mim não passa. Em […]

PERGUNTA SEM MEDO

PERGUNTA SEM MEDO

   Por Flávio Chaves  – Jornalista,escritor, poeta, presidente do Instituto Monitora Brasil e membro da Academia Pernambucana de Letras.Foi Delegado Regional em Pernambuco/Minc Deus, por que ao nascer a criança não tem direito à consciência de esboçar a ternura e reconhecer o rosto de sua mãe?Cresce no delírio de um mundo cretino, ensandecido e em […]

Hoje É A Celebração Do Dia Mundial do Livro

Hoje É A Celebração Do Dia Mundial do Livro

O Dia Internacional do Livro é comemorado anualmente em 23 de abril, mas nem sempre foi assim. A data começou a ser celebrada em 5 de abril de 1926, na Catalunha, uma região no centro da Espanha, para comemorar o dia de nascimento de Miguel de Cervantes, famoso escritor espanhol, autor de “Don Quixote”, um dos clássicos da […]

Polo e marco da poesia

Polo e marco da poesia

…Marco Polo demonstra, mais uma vez e cabalmente, que poesia não é pão e circo, ou arena de raras rimas, mas fé na palavra e no poder das imagens e da metáfora em comunicar, além dos sentidos e dos sentimentos, além das aparências e do ordinário entendimento.   Poeta Marco Polo Foto: Daniela Nader/divulgação Por […]

“João Gilberto Noll foi assassinado”

Para escritor, indiferença da sociedade, do poder público e das instituições condenou um dos maiores mitos da nossa literatura   Noll no seu apartamento, no centro de Porto AlegreFoto: Adriana Franciosi / Agencia RBS Por Fabricio  Carpinejar João Gilberto Noll não morreu de causa natural, foi assassinado pela sociedade. Foi assassinado pela indigência cultural do […]

AUDÁCIA!

     Por José Paulo Cavalcanti Filho – Escritor,poeta, membro da Academia Pernambucana de Letras e um dos maiores conhecedores da obra de Fernando Pessoa. Integrou a Comissão da Verdade. Danton – como Robespierre, Saint-Just e tantos mais –, acabou na guilhotina. Enquanto Renan escapou, rindo, vendo recompensada regiamente sua audácia. O que deve nos levar […]

Termos jurídicos, o direito pensado

    Por Jones Figueirêdo Alves –   Escritor, membro da Academia de Letras e Artes de Pernambuco e desembargador (TJPE) Os termos como referências de significados substanciais sempre buscam uma linguagem própria a comunicar o pensamento sobre algo. Assim, os termos jurídicos declaram o direito, contemplam axiomas, abreviam conotações técnico-legais, definem situações jurígenas. A seu […]