Eleição interna do PT pode ter sido fraudada pelos petistas

Integrantes do PT decidirão como proceder no caso

Partido dos Trabalhadores (PT) Foto: Reprodução

Uma eleição do PT em Cariacica (ES) no último domingo (8) causou confusão entre os filiados do partido. Em uma das três urnas do município, foram contabilizados 29 votos a mais do que o total de presentes. O episódio acarretou no adiamento dos resultados das votações gerais da legenda no Espírito Santo.

– Foi detectada uma quantidade de votos a mais do que constava na lista de presença. Tinha mais voto do que assinatura. Foram 29 a mais, quase 10% dos 320 votos da urna. A urna tem que ser impugnada. Tem indício de fraude nessa urna. Se fossem um, dois ou três, talvez a pessoa que votou esqueceu de assinar, mas 10% é no mínimo suspeito – disse José Carlos Nunes, candidato à presidência do PT em Cariacica.

Se os votos questionados forem desconsiderados, não dever existir mudanças na disputa pela liderança do partido no município. Os filiados da legenda escolheram os diretórios de 52 cidades e as chapas estaduais.

Nesta terça-feira (10), a direção do PT, no Espírito Santo, vai se reunir para decidir se convocará nova votação.

Deixe uma resposta