Deixe um comentário

ASSASSINADO DELEGADO QUE INVESTIGAVA INQUÉRITO SOBRE MORTE DE TEORI ZAVASCKI

O MEDO, A  RAIVA E A SEDE DE BEBER SANGUE

Foi assassinado na madrugada desta quarta-feira (31), em Florianópolis, o delegado que abriu o inquérito da morte do ministro do STF Teori Zavascki, num acidente de avião em Paraty, Rio de Janeiro. Adriano Antonio Soares estava com outro delegado, Elias Escobar, que também morreu.

Teori Zavascki era o relator da Lava Jato no STF. Adriano Antonio Soares era delegado chefe da Polícia Federal em Angra dos Reis desde 2009. Já o colega Elias Escobar foi delegado em Volta Redonda por dois anos, e estava lotado na Polícia Federal em Niterói.

Teori Zavascki era o relator da Lava Jato no STF
Teori Zavascki era o relator da Lava Jato no STF

A Polícia Federal encaminhou uma nota destacando que Soares apenas “registrou” o caso de Teori em Angra dos Reis, local do fato, e que o inquérito é presidido agora por outro delegado, em Brasília.

“Sobre informações que relacionam um dos policiais mortos à investigação do acidente aéreo que vitimou o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, a PF esclarece que o inquérito que apura o caso encontra-se em Brasília/DF, presidido por outro delegado, e apenas foi registrado em Angra dos Reis, local do fato”, diz a nota da PF.

Questionada sobre o nome do delegado que coordena agora o inquérito, a assessoria da Polícia Federal disse que não informa nomes de policiais responsáveis pela investigação.

Os dois delegados não estavam em horário de serviço. Estavam em uma casa noturna na rua Fúlvio Aducci, no bairro Estreito, quando teria ocorrido um desentendimento entre frequentadores seguido de tiroteio. Eles estavam na cidade para participar de uma capacitação interna, segundo a PF.

De acordo com a Polícia Militar, uma terceira pessoa também foi baleada, que seria uma das envolvidas no suposto desentendimento. Um dos delegados teria morrido no local e o outro no hospital. A Polícia Militar informou ainda que, por volta das 5h30, um veículo teria passado em frente à unidade de saúde atirando, sem deixar feridos.

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil, com apoio da PF.

Confira a nota da Polícia Federal:

NOTA A IMPRENSA

A Polícia Federal lamenta a morte de dois delegados, ocorrida na madrugada de hoje (31/05) em Florianópolis/SC. Os dois atuavam em Angra dos Reis e Niterói, respectivamente, e estavam na cidade participando de uma capacitação interna.

O falecimento dos policiais decorreu de uma troca de tiros em um estabelecimento na capital catarinense.

Neste momento de imensa tristeza, a Polícia Federal expressa suas condolências e solidariedade aos familiares e amigos enlutados.

Sobre informações que relacionam um dos policiais mortos à investigação do acidente aéreo que vitimou o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, a PF esclarece que o inquérito que apura o caso encontra-se em Brasília/DF, presidido por outro delegado, e apenas foi registrado em Angra dos Reis, local do fato.

Divisão de Comunicação Social

Polícia Federal

LEMBRE O LOCAL DO ACIDENTE DE TEORI:

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: