Deixe um comentário

Alepe: bolso dos deputados vai ficar mais cheio

 

 

 

 

 

 

 

Os deputados ainda nem limitaram o repasse do auxílio-paletó na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e já estão garantindo o aumento de outro benefício – o reajuste da verba indenizatória foi definido em uma reunião da Mesa Diretora realizada na noite de ontem (3). O percentual ainda é incerto, mas se os deputados levarem adiante a ideia de balizar o aumento pela inflação acumulada nos últimos oito anos, tempo que estão sem reajuste, este incremento financeiro pode chegar aos 50,6%, índice registrado neste período pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

Atualmente, cada um deles tem direito a receber mensalmente R$ 11.250 para ressarcimento de despesas com o exercício do mandato, além de R$ 72,2 mil como verba de gabinete para pagar seus funcionários.

Em se confirmando tal estimativa, os deputados, que estão entre os cinco Estados que ainda resistem em limitar o auxílio-paletó, passarão a receber R$ 5.625 a mais de verba indenizatória. O impacto desse reajuste nos cofres da Alepe pode chegar aos R$ 3.342.780 ao ano.

Há duas semanas, a Câmara Federal reajustou o mesmo benefício em 12,7% – estava sem aumento desde 2009 -, e o benefício passou a R$ 25.962,94, o menor valor, e 38.616,18, o maior, variação que depende de qual Estado pertence o parlamentar.

Com informações de Júlia Schiaffarino (Diario de Pernambuco).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: