Deixe um comentário

Associações de magistrados atacam Joaquim Barbosa

E OS MAGISTRADOS DO TRABALHO SEM AUMENTO HÁ SETE ANOS,MINISTRO JOAQUIM BARBOSA?

As três mais importantes associações de juízes federais – a dos magistrados, a dos juízes federais e a do trabalho – decidiram desafiar o poder do Conselho Nacional de Justiça e o seu presidente, ministro Joaquim Barbosa. O motivo, segundo Felipe Patury, da Revista Época, teria sido as críticas do chefe do Poder Judiciário aos colegas.

As entidades divulgaram nota considerando Barbosa um crítico generalista, preconceituoso, superficial e desrespeitoso. A critica de Barbosa à mentalidade atrasada dos magistrados foi considerada “reducionista” pelas associações.

“A independência funcional da magistratura é corolário do Estado Democrático de Direito, cabendo aos juízes, por imperativo constitucional, motivar suas decisões de acordo com a convicção livremente formada a partir das provas regularmente produzidas. Por isso, não cabe a nenhum órgão administrativo, muito menos ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a função de tutelar ou corrigir o pensamento e a convicção dos magistrados brasileiros”, diz a nota das associações.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: