Deixe um comentário

Vanessa da Mata vem ao Recife cantar Tom Jobim

Depois de patrocinar a turnê de Maria Rita saudando a mãe, Elis Regina, o projeto Nivea Viva estende suas honras – e investimentos – a Tom Jobim, por causa dos 50 anos do lançamento do primeiro disco solo dele, “The Composer of Desafinado, Plays” (1963) – projeto que agrega “Garota de Ipanema”, “Desafinado”, “O morro não tem vez”, “Insensatez”, “Corcovado” e “Chega de saudade”, entre outras canções.

À frente da homenagem, responsável por recarregar as baterias da obra de Tom, está Vanessa da Mata. A cantora matogrossense vai reinterpretar 24 títulos do repertório do homenageado, com arranjos de Kassin, produtor dela, e do maestro norte-americano Eumir Deodato, parceiro de Tom Jobim, sob direção artística de Monique Gardenberg.

O projeto – Viva Tom Jobim – estreia dia 9 de abril, no Rio de Janeiro, para convidados, e sobe o Brasil, passando por Salvador, Recife, depois Brasília, Porto Alegre, São Paulo e, novamente, Rio de Janeiro, sempre com entrada gratuita e em lugares públicos – praças, parques, praias… Aqui, nada certo, mas o Parque Dona Lindu já foi sondado para receber o show em abril.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: