Deixe um comentário

Queremos respostas’, diz mãe de namorada de Oscar Pistorius

Família autorizou imagens de modelo após sua morte (Foto: AP)

 

A família da modelo Reeva Steenkamp, que morreu na semana passada após ser atingida por tiros disparados por seu namorado, o atleta paraolímpico Oscar Pistoriusx, disse em entrevista ao jornal sul-africano “Times Live” que tudo o que quer são respostas.

O funeral da jovem será realizado nesta terça-feira (19), mesmo dia em que Pistorius participará de uma audiência para definir se ele terá direito ou não a fiança. Ele está preso desde quinta-feira (14) pelo crime.

“Ela ainda tinha muito para dar e tudo isso foi embora agora. Em um piscar de olhos ou uma respiração, a pessoa mais bela que já viveu não está mais aqui”, afirmou June Steenkamp, mãe da modelo de 29 anos. “Tudo o que temos agora é essa horrível morte para lidar. Tudo o que queremos são respostas. Respostas para por que isso teve que acontecer, por que nossa linda filha teve que morrer assim.”

A entrevista dada por telefone ao jornal foi a primeira declaração da mãe de Reeva após o crime. “Ela tinha muito orgulho de ser sul-africana. Ela amava esse país e todas as suas pessoas. Era o único lugar que ela podia chamar de casa”, disse June.

O pai da modelo, Barry, disse ao jornal inglês “Daily Mail” que estava se esforçando para “achar alguma razão para isso ter acontecido”. A família deve divulgar um comunicado após o funeral de Reeva.

“Estamos tentando não pensar na audiência de Oscar. Não assistimos TV nem ouvimos rádio. Nós não queremos pensar nisso. Queremos apagar tudo e focar no que está acontecendo agora”, afirmou o pai, que disse que qualquer seja o resultado na corte, não trará sua filha de volta.

“A questão não é o resultado. Queremos saber se ele tinha intenção. Estamos confiantes de que a justiça seguirá seu curso.”

Acidente
Pistorius quase atirou em um amigo em um “acidente estranho” em um restaurante de Johannesburgo, um mês antes dos tiros que mataram a modelo Reeva Steenkamp, informa imprensa sul-africana nesta segunda-feira (18).

Pistorius estava com a pistola de um amigo quando atirou acidentalmente, informou ao jornal “Beeld” seu amigo Kevin Lerena.

“Tomei um grande susto porque a bala atingiu o chão a poucos centímetros do me pé”, disse Lerena, um boxeador profissional.

O incidente do restaurante “foi apenas um acidente estranho”, insistiu Lerena.

“O revólver pertencia a um de seus amigos… queria dar uma olhada”, completou.

“Por alguma razão agarrou na calça, a trava soltou e tiro saiu. Não se pode dizer que foi negligência. Dias depois ele continuava pedindo desculpas”, afirmou.

Pistorius foi acusado de matar a namorada em sua casa de Pretória. O tribunal decidirá nesta terça-feira (19) se ele será liberado sob fiança.

A polícia descartou a tese de que Pistorius, de 26 anos, teria confundido a namorada com um ladrão. A promotoria quer que ele responda por crime premeditado.

Fonte:G1

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: