Greenwald responde a Bolsonaro e afirma que o Brasil está vivendo em regime democrático

Resultado de imagem para greenwald

Democracia não funciona como Bolsonaro quer, diz Greenwald

Diego Garcia
Folha

O jornalista norte-americano Glenn Greenwald, criador do site The Intercept Brasil, afirmou neste sábado (dia 27) que a declaração do presidente Jair Bolsonaro sobre uma eventual prisão sua não faz nenhum sentido. “Ao contrário do que Bolsonaro deseja, não temos uma ditadura, temos uma democracia e para prender alguém é preciso mostrar evidência de que a pessoa que você quer prender cometeu algum crime”, disse o jornalista à Folha.

“Isso é totalmente maluco porque o David e eu estamos casados há quase 15 anos”, disse sobre a afirmação de que o jornalista é “malandro” por se casar com homem no Brasil. “Evidentemente, Bolsonaro acha que tenho poder para prever o futuro, que depois de mais de dez anos eu precisaria dessa proteção para não ser deportado. É quase insana essa teoria”, afirma.

MAIS CRÍTICAS – A Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo) repudiou a fala de Bolsonaro e, em uma rede social, afirmou ver risco à liberdade de expressão.

“Ao ameaçar de prisão um jornalista que publica informações que o desagradam, o presidente Bolsonaro promove e instiga graves agressões à liberdade de expressão”, declarou a entidade.

“Sem jornalismo livre, as outras liberdades também morrerão. Chega de perseguição”, acrescentou a Abraji, promovendo a hashtag #defendaojornalismo.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – A ABI (Associação Brasileira de Imprensa) também emitiu nota criticando a portaria do ministro Moro. Assinada pelo presidente Paulo Jerônimo de Sousa, a nota da ABI ameaça recorrer à Justiça caso o jornalista Greenwald seja preso ou ameaçado pelo governo. (C.N.)

Deixe uma resposta