Ipojuca recebe voluntários internacionais para construção de casas

Prefeita de Ipojuca, Célia Sales (PTB) recebeu 72 voluntariados internacionais

Prefeita de Ipojuca, Célia Sales (PTB) recebeu 72 voluntariados internacionaisFoto: Divulgação

Setenta e dois voluntários de quatro países foram recebidos, nesta segunda (18), pela prefeita de Ipojuca Célia Sales (PTB). Eles passarão uma semana construindo seis casas de 45m² para famílias carentes de Nossa Senhora do Ó. A ação é a 16ª edição do Programa Global de Voluntariado da Delta Airlines, a primeira realizada no Brasil, cujo município de Ipojuca foi escolhido para realizar o sonho da casa própria para seis famílias de baixa renda.

Para viabilizar o projeto, que é feito em parceria com a Gol Companhia Aérea e a ONG Habitat para Humanidade Brasil, a Prefeitura de Ipojuca doou o terreno, colocou à disposição um engenheiro para acompanhar a obra, deu o apoio de infraestrutura e passou a relação das famílias cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) para que fosse feita a seleção das que seriam contempladas.

“Talvez vocês não tenham noção da lição de vida que estão dando hoje para o Brasil, para Ipojuca. Uma lição de amor. Estou muito emocionada porque estou no governo a apenas dois anos e, como filha da terra, afirmo que Ipojuca nunca viveu um momento deste. Aos voluntários digo: estou à disposição para o que vocês precisarem. Vocês estão nos ajudando a realizar o sonho de seis famílias que merecem muito. E às famílias contempladas: nunca esqueçam que isto é obra de Deus na vida de vocês.”, discursou a prefeita Célia Sales que estava acompanhada do secretário de Habitação Arlindo Capitani.

O gerente de projetos sociais da Delta Airlines, Berry Mattheus, também comentou a alegria do Projeto Global de Voluntariado ter chegado ao Brasil. “É a nossa primeira edição aqui. A Delta tem, em sua política, o comprometimento de, nos países que realizam seus trabalhos, devolver à comunidade local ações sociais”, afirmou. Segundo ele, mais de 400 pessoas do mundo todo aplicaram formulários para se voluntariar nesta edição, mas o critério de escolha é sempre “o coração generoso para servir ao próximo”. Os voluntários desta ação em Ipojuca são diretores, CEO, pilotos, comissários de bordo e bancários, sendo eles 56 funcionários da Delta, 12 da Gol Companhia Aérea e 4 do Banco Santander, parceiro deste projeto no Brasil.

Para o espanhol, da cidade de Madrid, Hector Dancausse, de 56 anos, esta oportunidade de ser voluntário é mais do que ajudar ao próximo, é aprender a ser mais humano. “Não acredito que vou mudar a realidade do mundo, mas estou fazendo a minha parte e tenho certeza que a primeira vida modificada é a minha”, contou emocionado Hector. Já para Sloane Maria da Silva, que receberá a casa de número seis, o sonho da casa própria é mais do que conforto e economia por se livrar do aluguel, significa dignidade para ela e os dois filhos que possuem autismo. “Cada um aqui vive a sua luta. A minha além de cuidar dos meus filhos é desenvolver um trabalho na Associação dos Pais de Filhos Autistas. Só tenho a agradecer a prefeitura e os voluntários por nos ajudar com esta casa”, disse.

Deixe uma resposta