Papa Francisco estudou o Budismo, a Ioga e outras doutrinas do Oriente

Resultado de imagem para papa com monges japoneses

Papa recebe a visita de monges e monjas do Japão

Antonio Rocha

O jornal online Brasil247 publicou, certa feita, uma entrevista com um amigo de longos anos do Sumo Pontífice católico, o docente Francisco Mele, professor visitante em várias universidades italianas e latino-americanas. Mas o que nos chamou a atenção é que o papa foi aluno do grande teólogo e professor jesuíta argentino Ismael Quiles, que, segundo a entrevista, abriu as portas da Universidade Jesuíta para o Zen-Budismo, a Ioga e outras religiões.

Em 1987, a Editorial Kier, de Buenos Aires, publicou uma tradução do Sutra Lótus, com 302 páginas. O prólogo é, justamente de Ismael Quiles. Entre outras, Quiles cita um outro jesuíta Jesús Lopez Gay, que em 1984, na revista da Universidade Gregoriana de Roma, publicou o importante artigo “Buda como Pai no Hokekyo”. Hokekyo é como o Sutra Lótus é conhecido na língua japonesa.

ÂMBITO ACADÊMICO – Deduzimos (é uma dedução…) que o papa Francisco deve conhecer esta edição argentina do Sutra Lótus, pois, em geral, no âmbito acadêmico, os alunos conhecem, pesquisam e leem a produção literária de seus professores.

No Brasil, em 1983, os jesuítas, através das Edições Loyola (jesuíta), já divulgaram o diálogo Catolicismo e Budismo, via a obra “Zen Cristão”, do padre jesuíta inglês que viveu muitos anos no Japão, William Johnston. Suponho que o papa Francisco também deve conhecer este livro de seu colega.

Por fim, recentemente, antes de vir ao Rio de Janeiro, o papa Francisco recebeu no Vaticano uma comitiva da linhagem budista japonesa RKK – Risho Kossei Kai, que tem como base o Sutra Lótus, onde lemos que “Buda é Pai”. Logo, com todo respeito aos que discordam, as palavras Buda e Deus são sinônimos… BuDeus… Budeus.

A foto acima é da Rádio Vaticana, noticiando a visita que o Santo Padre católico fez ao Japão (setembro de 2016), sendo recebido por monjas e monges japoneses e ganhando como presente as Escrituras Budistas.

###
VEJAMOS ALGUNS TRECHOS DO SUTRA LÓTUS:

“Eu sou o Buda, honrado entre os seres. Apareço no mundo como uma grande nuvem para chover riquezas em todos, livrá-los dos sofrimento e obter a alegria da paz, alegria do mundo e alegria do Nirvana” (Parábola das Ervas). Nota: o termo riquezas não é só dinheiro….

“Eu sou o Pai de todos os seres vivos… tenho um tesouro inesgotável de Sabedoria, Força e Coragem. Todos os seres vivos são meus filhos… Tudo vos será dado, segundo vossa vontade” (Parábola da Casa Incendiada).

“Na verdade, somos todos filhos de Buda, embora não o saibamos… Buda sempre trata a todos nós como filhos…” (Parábola do filho perdido).

“Buda não tem forma, mas se manifesta em bondade e nos guia com o seu coração misericordioso” (A Doutrina de Buda).

###
P.S.
 – Sutra Lótus é um texto sagrado, tem 624 páginas e pode ser lido na web. Existe uma tradução em português, publicada nos EUA, muito difícil de se encontrar. Só em um Templo de São Paulo se faz o pedido. Contudo, como dissemos, pode-se ler grátis, em pdf(A.R.)

Deixe uma resposta