Leila Ferreira lança seu romance “O amor que sinto agora”

FOTO: divulgação.

Quatro anos depois de perder sua mãe, a escritora Leila Ferreira decidiu abrir a carta que ela deixou para ser lida depois de sua morte, e foi a necessidade que sentiu em responder essa carta que fez nascer, “O Amor que Sinto Agora”.

A obra mistura de realidade e ficção, o livro é o desabafo corajoso de uma filha que quebra o silêncio de uma vida. Ana, a protagonista, fala sobre casamentos fracassados, violência sexual, depressão, raiva e medo, mas também mostra como aprendeu a ter esperança e a construir saídas.

Nesta conversa em forma de cartas, ela relata as viagens que fez ao Egito, ao México e à França, mas seu grande deslocamento, mais do que geográfico, é existencial. Impossível não se emocionar: ao seguir a trajetória de Ana, narrada de forma visceral e poética, e ao acompanhar a reconstrução, dolorosa e bela, de seu amor pela mãe e pela vida.

Leila Ferreira é formada em Letras e Jornalismo, com Mestrado em Comunicação pela Universidade de Londres. Foi repórter da Rede Globo Minas, trabalhou na revista Marie Claire e no jornal Estado de Minas, e durante 10 anos apresentou o programa “Leila Entrevista” (Rede Minas de Televisão e TV Alterosa/SBT), que produziu 13 séries internacionais e pelo qual passaram mais de 1600 entrevistados. Há mais de 10 anos atua como palestrante, tendo se apresentado em algumas das principais empresas e instituições do país.

Seus livros: “A Arte de Ser Leve”, que já vendeu quase 100 mil exemplares e foi lançado na Espanha, ela também publicou “Mulheres: por que será que elas…?” e “Viver não dói” (Globo Livros), “Que ninguém nos ouça” (Editora Planeta) e “Leila Entrevista: Bastidores” (Autêntica Editora). “O Amor que Sinto Agora” é seu primeiro romance, com prefácio de Martha Medeiros e apresentação de José Eduardo Agualusa.“

fonte:OsDivergentes

Deixe uma resposta