Deixe um comentário

Defesa de Rocha Loures pede que prisão seja revogada

A defesa do deputado federal afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB­PR) entrou hoje com um pedido de habeas corpus no STF (Supremo Tribunal Federal) para que seja revogada a prisão do peemedebista.

Loures foi preso este sábado (3) por ordem do ministro do STF Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte. O pedido de prisão foi feito pela PGR (Procuradoria­Geral da República) ao STF na noite da quinta (1º) após Loures perder o foro privilegiado. Ele deixou de ser deputado federal após Osmar Serraglio – de quem era suplente ­ deixar o comando do Ministério da Justiça e voltar para Câmara dos Deputados.

No pedido, o advogado Cezar Bitencourt afirma que a ordem de prisão do deputado foi baseada em “erros crassos” do processo. “Lamentável, profundamente lamentável erros crassos dessa natureza para fundamentar uma prisão preventiva do paciente, absurdamente fundada em erros e equívocos”, diz o documento da defesa.

Como exemplo, Bitencourt contrapõe a afirmação feitas no pedido de prisão de que Loures vinha cometendo crimes “há longa data” com o depoimento do empresário Joesley Batista ao afirmar que teria conhecido o deputado no dia seis de março.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: