Deixe um comentário

Fábio Porchat chama de “censura” decisão do TRE de tirar do ar vídeos do Porta dos Fundos

O humorista Fábio Porchat criticou em sua coluna, no jornal O Estado de S. Paulo, a decisão da Justiça Eleitoral de tirar do ar dois dos vídeos do grupo “Porta dos Fundos”, do qual faz parte, no YouTube. Segundo ele, a medida é uma forma de “censura”.

“Em 2010, houve uma tentativa de lei que proibia se fazer humor com candidatos durante o período das eleições. Essa lei caiu”, lembrou.

Crédito:Divulgação
Porta dos Fundos recorre na justiça pelo direito de ter os dois vídeos de volta

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro condenou o Google a retirar os vídeos por entender que houve ofensa ao então candidato do PRB ao governo do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho. Os vídeos removidos foram “Você me Conhece”, publicado em 29 de setembro, e “Zona Eleitoral”, do dia 2 de outubro.

No primeiro, dois atores simulam uma propaganda eleitoral protagonizada por um assaltante e seu refém. No fim do esquete, o “candidato” pede voto para Garotinho. O segundo vídeo mostra Gregório Duvivier tratando a urna eletrônica como um videogame, reclamando de não encontrar nenhum candidato que o agrade. O personagem começa a digitar códigos para “destravar” novos candidatos. No fim, tecla o número 666, associado ao diabo, e lamenta: “Votei no Garotinho!”.

“Se a comédia foi a forma que eu escolhi, a comédia tem que ser respeitada. As pessoas têm total discernimento para entender o que o vídeo quer dizer e podem concordar ou não […] O nosso canal na internet é de humor e é reconhecido por isso. Os nossos esquetes são o nosso ponto de vista sobre determinado assunto. Não permitir que eu me expresse desse, ou de qualquer outro jeito, é censura. Ponto”, ponderou Porchat.
O Porta dos Fundos já recorreu de uma das decisões no Supremo Tribunal Federal (STF) e teve o pedido negado. O grupo, que também divulgou comunicado oficial na última sexta-feira (10/10) para criticar a decisão, alega que vai continuar trabalhando para trazer os vídeos de volta ao ar.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: