PUXANDO O OUTRO PARA O MESMO LADO

Tática do PT: desconstruir Aécio como administrador

 As estratégias da campanha da presidente Dilma Rousseff contra seu adversário Aécio Neves (PSDB) já estão decididas. Os petistas tentarão desconstruir a imagem de bom administrador do tucano, revirando sua gestão no governo de Minas. Vão dizer que quem  conhece Aécio não vota nele, baseado no resultado do primeiro turno no Estado governado duas vezes pelo tucano. Vão também carimbá-lo como candidato das elites, e comparar os governos do PT com o de Fernando Henrique Cardoso, principalmente indicadores econômicos e sociais.

Os petistas também pretendem explorar posições conservadores do candidato a vice de Aécio, o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), que votou contra, por exemplo, o projeto que estabeleceu cotas sociais e raciais nas universidades públicas. Os petistas estão utilizando ainda o ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga, já anunciado como ministro da Fazenda de eventual governo Aécio, para atacar o candidato do PSDB.

A campanha de Dilma tem afirmado que ele vai rever a política de valorização do salário mínimo e dito que, quando o escolhido de Aécio foi presidente do BC, as taxas de juros chegaram a 45% ao ano, a inflação passou de 12% e o Brasil foi duas vezes “de joelhos” ao Fundo Monetário Internacional. (De O Globo – Fernanda Krakovics)

Deixe uma resposta