Deixe um comentário

Luis Fernando Verissimo volta a ser internado em Porto Alegre

  • Segundo a família, escritor sentiu dores no peito e insuficiência respiratória no sábado e deu entrada no hospital com quadro de angina
  • Em boletim, médicos divulgaram que ele deve ter alta em breve

O escritor Luis Fernando Verissimo Foto: Ana Branco / Agencia O Globo

O escritor Luis Fernando Verissimo Ana Branco / Agencia O Globo

 O escritor Luis Fernando Verissimo passou o fim de semana internado no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) do Hospital Moinhos de Vento para tratar um quadro agudo de angina. O escritor porto-alegrense, de 76 anos, deu entrada na madrugada de sábado no hospital depois de sentir dores no peito.

Um boletim médico divulgado às 15h30 de ontem informou que Verissimo apresentou boa resposta ao tratamento e que o quadro inicial havia sido controlado. “Os primeiros exames revelaram recuperação satisfatória da função cardíaca. A previsão é de que esteja em condições de receber alta hospitalar em breve”, relata o boletim, assinado pelos médicos Sandro Cadaval Gonçalves e Alberto Rosa. O escritor recebeu alta do CTI e foi encaminhado para um apartamento privativo no final da tarde.

Segundo informações do filho do escritor, Pedro, Verissimo sentiu-se mal ainda na noite de sexta-feira, em casa. Como o cronista tem problemas cardíacos e a medicação não reduziu os sintomas, a família achou melhor recorrer a um hospital para monitorar intensivamente a situação.

– Ele estava indo deitar, por volta de meia-noite, quando sentiu a dor. Mas tão logo recebeu atendimento contínuo já melhorou. A permanência no hospital foi mais por precaução mesmo – disse Pedro.

Com histórico de problemas cardíacos, Verissimo tem duas pontes de safena e uma mamária, colocadas há mais de 20 anos. O escritor toma medicação contínua para o coração. Além disso, é hipertenso e diabético.

Em 21 de novembro de dezembro do ano passado, o escritor foi internado no mesmo hospital para tratar uma infecção generalizada provocada por uma virose gripal contraída durante uma feira literária no interior de Minas. Na época, Verissimo foi sedado e necessitou de ventilação mecânica para respirar. Problemas renais decorrentes da infecção também o abrigaram a fazer hemodiálise.

Durante a internação do ano passado ele teve uma crise de angina e foi submetido a um cateterismo. O escritor recebeu alta no dia 14 de dezembro.

fonte:oglobo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: