Deixe um comentário

Nova direção do Teatro Municipal promete democratizar ópera em São Paulo

O Teatro Municipal de São Paulo inicia neste sábado (23) a temporada 2013 de espetáculos sob nova direção e com dois objetivos ambiciosos: retomar sua vocação lírica e democratizar o acesso da população à ópera, contando com a ajuda do recém-sancionado Vale-Cultura . Por trás dessa missão está o novo corpo diretivo que tomou posse após a eleição do prefeito Fernando Haddad (PT): o secretário municipal da Cultura, Juca Ferreira , o diretor artístico do Municipal, maestro John Neschling e o diretor-geral, José Luiz Herencia.

Regente do concerto sinfônico que inaugura a temporada, Neschling não deixa dúvidas de que seu foco será a ópera: sete neste ano e dez no ano que vem. “O Municipal é um teatro de ópera e vamos fazer com que volte à sua vocação”, afirmou, durante encontro com jornalistas. “É uma falácia dizer que o gênero foi ultrapassado. Há poucos compositores, mas a ópera ainda é um dos espetáculos mais populares do mundo. É como futebol: as pessoas fazem fila. Queremos que esse teatro receba a ópera contemporânea, moderna, mesmo que escrita há anos.”

Fonte: IG

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: