Deixe um comentário

Criolo, Monobloco e Baile do Simonal animam Sala da Justiça

Criolo é um das grandes atrações da noite /

Todos os anos, uma divertida variedade de super-heróis exibe suas máscaras na prévia do Enquanto Isso na Sala da Justiça. Neste sábado (2), na festa que se tornou um dos maiores agitos pré-carnavalescos, a diversidade também é regra em cima do palco. O set list, no entanto, tem uma coisa em comum ao longo da noite: é daqueles que é impossível ficar parado. A festa começa às 22h, no Centro de Convenções. 

Criolo, Monobloco, Baile do Simonal são as principais atrações. Os DJs Lala K, Bahiano, Zé Cabeça e a Orquestra de Frevo do Maestro Oséas completam a programação.

Sob comando da dupla de irmãos Max de Castro e Wilson Simoninha, o Baile do Simonal é a novidade da festa. Pela primeira vez, o projeto se apresenta em Pernambuco. O repertório é totalmente dedicado ao pai da dupla, Wilson Simonal, cantor carioca que abalou o Brasil nos anos 1960 e a década seguinte. No repertório, os hits de sucesso do cantor, como Mamãe passou açúcar em mimA tonga da mironga do Kabuletê Sá Marina.

Já o MC, cantor e compositor Criolo traz o show do seu primeiro e badalado disco Nó na orelha. A apresentação ganhou o prêmio Bravo! de Melhor Show de 2011. Além disso, o VMB daquele ano também concedeu a Criolo os prêmios de Artista Revelação, Melhor Disco e Melhor Música pela canção Não Existe Amor em SP – que deve ser uma das queridinhas do repertório do show.

 

Além dela, Bogotá, que traz um tempero africano com o sax-tenor de Thiago França; o samba-canção Freguês da meia-noite, Sucrilhos, Subirudoistiozin, Grajauex e outras. Com elas, suingue, impacto, denúncia e malemolência. 

No final da noite, quase tudo vira samba com a banda carioca Monobloco. Além de músicas de Clara Nunes, Cartola e Jorge Ben Jor, o grupo canta xote, marchinhas de carnaval e presta homenagem a músicos como Tim Maia e Raul Seixas. Seus dez integrantes sobem ao palco com cavaco, repique, tamborim, chocalho, surdo e agogô, além de guitarra, baixo e bateria. 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: