Prefeitura do Recife autoriza destruir patrimônio histórico no Cais José Estelita

Demolição iniciada no Cais. Foto: Ocupe Estelita

A Prefeitura do Recife autorizou, por meio de alvará, na manhã desta segunda-feira (25), a demolição de galpões para a construção do projeto Novo Recife, no Cais José Estelita, na zona sul do Recife. Alguns dos armazéns em trecho próximo ao Largo do Cabanga já começaram a ser derrubados. Pelo menos quatro máquinas trabalhavam na demolição das estruturas onde funcionavam armazéns de açúcar pela manhã. O projeto para a área é alvo de polêmica desde 2012.

O secretário de Mobilidade e Controle Urbano, João Braga, atendeu o pedido feito pela Construtora Moura Dubeux e retirou a suspensão da demolição, dada por ele há cinco anos. “Todas as etapas foram cumpridas, tanto jurídicas quanto de preservação, e não havia mais motivo para ser suspenso”, disse o secretário. Segundo ele, de 2014 para cá, o projeto passou por melhorias, com determinação de várias ações, e que 65% da área serão de uso comum, “ocupadas por parques e vias públicas”.

A demolição autorizada é a dos galpões e imóveis mais próximos ao viaduto do Cabanga e os outros 28 armazéns, localizados próximos ao Viaduto das Cinco Pontas, serão preservados e restaurados pelo empreendedores.

Deixe uma resposta