Artistas pernambucanos se unem para ajudar o Movimento Pró-Criança

Leilão em prol do Movimento Pró-Criança

Leilão em prol do Movimento Pró-CriançaFoto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco
Por Gabriela Castelo Buarque, da Folha de Pernambuco 

Mais de 200 obras de artistas locais serão leiloadas, incluindo peças de arte-viva, para ajudar na causa social da organização não-governamental Movimento Pró-Criança, arrecadando fundos para a finalização, manutenção e mobília do novo prédio da organização. As obras de arte estarão à disposição do público para observação na Garrido Galeria, até a próxima quinta-feira (dia 27), quando será realizado o leilão das obras no mesmo local, no bairro de Casa Forte, na Zona Norte do Recife.

Os preços das peças variam de R$ 500 a 8,5 mil reais. Entre osartistas, estão nomes conhecidos no meio das artes no Estado, como Bruno Vilela, Leopoldo Nóbrega, Feliciano dos Prazeres, Fábio Rafael, Adriano Cabral, Mané Tatu, Nara Cavalcanti e Célia Campelo, entre outros, além de ex-alunas do projeto e estreantes anônimos.

“Este é um evento muito importante, porque envolve não só a questão da divulgação do trabalho dos mais diversos artistas locais, mas porque mostra como todos estão unidos em prol da casa, tanto que todas as obras estarão disponíveis para serem arrematadas por metade do seu valor de mercado. O que contribuirá bastante para que possamos manter os projetos da instituição”, afirmou a porta-voz do Pró-Criança, Camila Nogueira. Atualmente, o Pró-Criança atende 2,5 mil crianças e adolescentes, em seus projetos na área de qualificação profissional.

Vanessa Silva é ex-aluna do projeto, e com sua parceira Micaella Alcântara, doou um par de peças para o leilão, para retribuir a ajuda que foi decisiva para sua formação pessoal e profissional.

   Formação artística

“É muito gratificante para nós, porque sabemos que de certa forma estamos contribuindo para um espaço que foi fundamental para a nossa formação artística. Então, o sentimento é de felicidade em saber que estamos contribuindo para isso. Aqui no Recife poucos espaços lhe dão a oportunidade de se descobrir na arte, por isso ele [o Movimento Pró-Criança] foi fundamental para nós” contou Vanessa.

“O leilão, além de ser uma vitrine para o artista, tem uma razão social imensa. Acho que este ano conseguimos dar um passo a mais. Na primeira vez, nós vendemos, aproximadamente, R$ 80 mil; na segunda, no ano passado, que já aconteceu aqui na galeria e conseguimos quase dobrar a arrecadação, para R$ 150 mil. Então, para este ano, eu gostaria que chegássemos na faixa de R$ 200 à R$ 250 mil. Ficaria muito feliz. Mas, o mais importante é realmente ter esse olhar voltado para o projeto, para as crianças. Estão Micaella e Vanessa como um pequeno exemplo do que a causa é capaz de fazer”, afirmou o curador da exposição e dono da galeria, Armando Garrido.

Serviço:
Leilão em prol do Movimento Pró-Criança
Nesta quinta-feira (27), às 20h
Garrido Galeria (rua Samuel de Farias, 245 – Santana)
Informações: (81) 98747-4477 (Camila Nogueira)

Deixe uma resposta