Homenagem a Frei Caneca

Por Francisco Bonato Pereira

O Governo do Estado, a Prefeitura do Recife, a Grande Loja Maçônica de Pernambuco, o IAHGP e o Museu da Cidade do Recife homenageiam Frei Caneca.

Ocorreu ontem – 13 de janeiro de 2018 -, no pátio externo Museu da Cidade do Recife (Forte das Cinco Pontas), a solenidade alusiva aos 193 anos do fuzilamento de Frei Joaquim do Amor Divino Rabelo Caneca, frade carmelita, herói da Confederação do Equador, onde os pernambucanos lutaram contra o despotismo do Imperador Pedro I (1824).

No local onde ocorreu a morte do herói Frei Caneca, presentes o Vice-Prefeito do Recife, o Médico Luciano Siqueira, o Inspetor de Saúde do Comando Militar do Nordeste, General de Brigada Médico, Sérgio dos Santos Szelbracikowski, o Grão Mestre de Honra da Grande Loja Maçônica de Pernambuco (GLMPE), Médico Dimas Jose de Carvalho, o Presidente do IAHGP – Instituto Arqueologico, Histórico e Geográfico Pernambucano, Dr. George Cabral de Souza, professor da UFPE, a Diretora do Museu da Cidade do Recife, Dra. Maria Betania Correa, o Frei Tito Figueiroa de Medeiros, ex-Provincial Carmelita de Pernambuco e autor de Livro sobre Frei Caneca, a Sra. Marlene Caneca, descendente do Frei Caneca, ex-Presidentes e Membros do IAGHP, centenas de Maçons e jovens da Ordem de DeMollay e publico em geral, houve a Cerimonia com Hasteamento de Bandeiras do Brasil, de Pernambuco, do Recife e da GLMPE, ao toque de clarim militar, e aposição de Coroa de Flores no Monumento a Frei Caneca, pelo Vice-Prefeito, Grão Mestre e Diretora do Museu e leitura da sentença condenatoria do Frei Caneca, pelo Secretário de Relações Institucionais da GLMPE Marcos Cabral. Após este momento os presentes se dirigiram para o Auditorio do Museu da Cidade do Recife, onde foi composta a Mesa para a Conferencia sobre Frei Caneca, com o GM Dimas Carvalho, o Gen Sergio Szelbracikowski, Frei Tito Figueiroa, PGM Francisco Bonato, o VM Luiz Fabio e Jose Alziberto e o Dr. George Cabral de Souza. O Dr. George Cabral proferiu a Conferencia FREI CANECA, LIDER E MARTIR DA CONFEDERAÇÃO DO EQUADOR (1824).

Em seguida foram homenageados pela GLMPE, com a Comenda Frei Caneca – post mortem – os PGMs Salvador Pereira d´Araujo Moscoso e Manoel Pessoa de Luna; com a Medalha Liberdade o General Silvio Szelbraciowiski, o Coronel PM Walter Benjamin Junior, Sras Ana Maria da Silva e Eligia Moura, funcionarias do Museu do Recife e Jose Cassiano Cabral, funcionario do Museu IAHGP.

O Evento, além do Ato Civico e da Conferencia, teve a Abertura da Exposição Comemorativa do Di-Centenario da Revolução Republicana de Pernambuco de 1817, com peças historicas resturadas pelo IAHGP. O Evento foi encerrado com Coquetel oferecido pela GLMPE.

Deixe uma resposta