Deixe um comentário

Nova delação compromete Aécio, Serra e Dilma

Jornal do Brasil

Os procuradores da Lava Jato e os advogados da Andrade Gutierrez estão encerrando as novas delações dos ex-executivos da empresa e, segundo a coluna do Lauro Jardim, os tucanos serão os mais atingidos dessa vez.

A participação do então governador de Minas Gerais e atual senador Aécio Neves no processo de entrada da Cemig no consórcio que venceu a licitação da hidrelétrica de Santo Antônio deve ser detalhada nos depoimentos, assim como os supostos pagamentos de propina na construção da Cidade Administrativa de Minas Gerais.

Ainda de acordo com a coluna, os tucanos de São Paulo também serão atingidos pela delação, devido a supostas propinas na construção do Rodoanel e da Linha Amarela do metrô paulistano nas gestões de José Serra e Geraldo Alckmin.

Os ex-executivos da Andrade Gutierrez também prometem contar tudo sobre a contratação da Vox Poppuli, via caixa dois, para fazer pesquisas na campanha de reeleição de Dilma Rousseff.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: