Deixe um comentário

Confira curiosidades do 2º turno das eleições 2014

Do G1

*O primeiro governador eleito no segundo turno foi Rodrigo Rollemberg (PSB). Ele teve a vitória confirmada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no Distrito Federal às 17h37. Rollemberg obteve 55,56% dos votos válidos (812.036 votos), contra 44,44% (649.587) de Jofran Frejat (PR).

 *Eleito governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (PMDB) foi o mais votado em 461 dos 497 municípios gaúchos. O petista Tarso Genro, que buscava a reeleição, ganhou em 36. Entre as cidades em que foi o mais votado, Sartori ganhou na capital Porto Alegre e em Caxias do Sul, Canoas e Pelotas, maiores colégios eleitorais do estado.

 *Em uma disputa apertada, Dilma Rousseff (PT) teve confirmada a vitória no segundo turno às 20h30. A reeleição da petista foi definida com 98% das seções apuradas. Naquele momento, a petista tinha 51,45% dos votos válidos (53.317.776 votos), contra 48,55% de Aécio Neves (PSDB).

*O segundo turno entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) teve a disputa mais apertada para presidente desde 1989, quando o país voltou a ter eleições diretas para presidente. A vitória de Dilma só foi conhecida às 20h30, com 98% das seções apuradas. A petista liderava com 51,45% a 48,55%.

*Apenas uma mulher governará um estado do país no próximo mandato. Eleita governadora de Roraima, Suely Campos (PP) foi a única candidata do sexo feminino a vencer as eleições em 2014. A representatividade feminina nos governos estaduais não era tão pequena desde 1998.

*Eleito governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB) ganhou em 73 dos 92 municípios fluminense, enquanto Marcelo Crivella (PRB) venceu em 19. Pezão foi eleito com 55,78% dos votos válidos (4.343.298), contra 44,22% (3.442.713) de Crivella.

*Eleito governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) foi o mais votado em 228 dos 246 municípios do estado. Iris Resende (PMDB) venceu em 18. O tucano ganhou a disputa no estado com 57,44% dos votos válidos (1.750.977), contra 42,56% (1.297.592) do peemedebista.

*Um eleitor fez selfie na hora de votar e foi obrigado a apagar a foto do celular para não ser preso. O episódio ocorreu durante votação neste domingo (26) na Escola Estadual Milton Campos, em Belo Horizonte (MG).

*O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que balanço consolidado com os tribunais regionais eleitorais registrou, até às 18h15 deste domingo (26), prisão de 451 eleitores por crimes eleitorais. Outras 601 pessoas foram autuadas, totalizando 1.052 ocorrências. Não foram presos candidatos até o mesmo horário.

*Uma urna eletrônica foi incendiada por um eleitor de 42 anos em Porteirinha (MG). Ele entrou na cabine de votação com uma garrafinha de refrigerante contendo gasolina. A mídia onde os votos ficam armazenadas não sofreram danos. O homem foi preso.

*Reinaldo Azambuja (PSDB) foi eleito governador de Mato Grosso do Sul e se tornou o primeiro tucano a governar o estado. Azambuja pós fim à hegemonia de PT e PMDB, que se alternavam no poder há 15 anos. De 1999 a 2006, governou Zeca do PT e, de 2007 a 2014, André Puccinelli (PMDB).

*Dilma Rousseff (PT) conseguiu sua vitória mais folgada em Belágua (MA). A petista obteve 93,93% dos votos válidos (3.558), contra 6,07% (230) de Aécio Neves (PSDB). Aécio, por sua vez, conseguiu sua vitória mais tranquila em Miami. Na cidade americana, o tucano somou 91,79% dos votos válidos (7.225), contra 8,21% (646) de Dilma.

*Único estado brasileiro a ter 2º turno para governador consecutivamente desde 1998, o Pará lidera mais uma vez o ranking de abstenções entre os estados que não foram decididos no 1º turno. Em 2014, 25,14% dos eleitores paraenses não compareceram às urnas. Os paraenses também lideraram em 2010, 2006, 2002 e 1998.

*Com quase 100% das urnas apuradas, a presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) venceu as eleições de 2014 em 15 estados, e Aécio Neves (PSDB), em 12 e no Distrito Federal. As informações são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). No primeiro turno, Dilma venceu em 15 estados, Aécio em nove.

*Com quase 100% das urnas apuradas, Aécio Neves (PSDB) conquistou 15 capitais nestas eleições, e Dilma Rousseff (PT), 11. A petista foi reeleita presidente da República no segundo turno. No primeiro turno, Dilma e Aécio conquistaram 11 capitais cada, e Marina Silva (PSB), cinco.

*Cinco candidatos ao governo venceram a disputa neste 2º turno “de virada”. Após chegarem à segunda etapa atrás, eles conseguiram sair vitoriosos das urnas. José Melo (PROS), no Amazonas, Reinaldo Azambuja (PSDB), em Mato Grosso do Sul, Simão Jatene (PSDB), no Pará, Ricardo Coutinho (PSB), na Paraíba, e Robinson Faria (PSD), no Rio Grande do Norte, reverteram o quadro.

*Uma urna eletrônica teve de ser trocada neste domingo (26) porque um eleitor colou a tecla “3”, impedindo os votos dos demais cidadãos da seção 11 da zona eleitoral de Formosa, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal. Segundo o TRE-GO, a Polícia Federal tentava encontrar o eleitor que estragou o equipamento.

*Apesar de sair derrotado pela quarta vez seguida na eleição presidencial, o PSDB ampliou sua vantagem sobre o PT entre o eleitorado paulista. Aécio Neves (PSDB) liderou a apuração no estado no segundo turno com 64,31% (15.296.28) dos votos válidos, contra 35,69% (8.488.383) de Dilma Rousseff (PT).

 *A presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) venceu em 3.527 cidades do país, segundo levantamento feito pelo G1 com base nos dados do TSE. Aécio Neves (PSDB) saiu vitorioso em 2.043 municípios. No primeiro turno, Dilma ganhou em 3.648 e Aécio, em 1.821. Marina levou em 99.

*O PMDB foi o partido que mais governadores elegeu nas eleições. A legenda vai governar sete estados (RO, RS, RJ, ES, TO, SE e AL), enquanto o PT conquistou cinco (AC, MG, BA, PI e CE), mesmo número do PSDB (PR, GO, MS, PA e SP). PSB venceu em três unidades da federação (DF, PE e PB). PDT e PSD elegeram dois governadores, e PC do B, PP e PROS, um.

*Feliz Natal (MT) apresentou um dado curioso na eleição presidencial. O município mato-grossense registrou percentuais idênticos da disputa nacional, mas com o resultado invertido. Em Feliz Natal, Aécio obteve 51,64% dos votos válidos, e Dilma, 48,36%. Na eleição nacional, a petista é que teve 51,64%, contra 48,36% do tucano.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: