Aécio processa PT por dizer que ele é agressivo com as mulheres

IRÔNICO

LULA TRATA COM HUMORISMO MOMENTO DE DECISÃO SÉRIA PARA O POVO BRASILEIRO.

Foto: Igo Estrela/PSDB

Foto: Igo Estrela/PSDB

A coligação do senador Aécio Neves (PSDB) entrou com uma ação na Procuradoria-Geral Eleitoral (PGE) contra a campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) que o acusa de desrespeitar as mulheres e agir com agressividade contra pessoas do sexo feminino, com as candidatas Luciana Genro (PSOL) e a própria Dilma. O PSDB alega que a propaganda é caluniosa e difamatória.

“O Partido dos Trabalhadores, maliciosamente e com mentiras, acusa o candidato de ser intolerante com o gênero feminino, o que atinge sua honra de forma covarde”, diz a nota divulgada pelo PSDB.

PIADA PRONTA: O ex-presidente  Lula, ataca o seu aliado e da candidata Dilma,em discurso em Belo Horizonte, lembrando a eleição de 1989, e atira para todo lado lembrando o desastre que foi Fernando Collor ter sido eleito para presidente do Brasil…Escorregou feio e Collor fez comentários de insatisfação ,entre um grupo de amigos, e pode se pronunciar a qualquer momento e ainda com certa ironia questionou :…deve ser desespero atacar um aliado…?Se for preciso responderei à altura ao senhor Luiz Inácio Lula da Silva,cravou.

A nota também afirma que Aécio reafirma o seu respeito com as mulheres e lembra ações em favor do gênero, como a criação do “Programa Viva Vida” em Minas Gerais, que acompanha mães até que as crianças completem um ano para reduzir a mortalidade infantil.

“O uso da mentira e dos ataques pessoais como instrumento de denegrir a reputação de seus adversários já se tornou uma marca de Dilma Rousseff nestas eleições”, argumenta ainda a nota.

“Foi dessa forma que ela atingiu a imagem e a história de Marina Silva, hoje companheira de Aécio Neves na luta pela mudança que o Brasil precisa, o que demonstra que quem não respeita a mulher é o PT e sua candidata”, diz o texto.

LULA – A ação é movida no mesmo dia em que o ex-presidente Lula (PT) sugeriu que o candidato tucano bateria em mulheres, durante um comício em Belo Horizonte.

“A tática dele é a seguinte: vou partir para a agressão. Meu negócio com mulher é partir para cima agredindo”, disse o petista.

O vice de Aécio, Aloysio Nunes (PSDB), alegou que as palavras de Lula são “as mais baixas declarações em uma campanha presidencial da história”.

Deixe uma resposta