Detran vai ampliar discussão sobre respeito ao ciclista

Os ciclistas terão mais espaço para diálogo dentro do Departamento de Trânsito de Pernambuco (Detran). A declaração foi feita na manhã desta segunda (30) pelo diretor-presidente do órgão, Caio Mello, ao receber uma proposta do ex-secretário de Turismo e Lazer da Prefeitura de Recife, Felipe Carreras (PSB), para inclusão, no exame teórico de direção, de questões sobre a legislação que trata de bicicletas e ciclistas, mas com foco principal em elevar o respeito dos motoristas com os ciclistas.

“Precisamos ampliar o conhecimento sobre os direitos e deveres dos ciclistas. No trânsito, o ciclista é o lado mais fraco, mais vulnerável, e o motorista precisa ter mais consciência sobre isso, pois estamos falando da segurança de vidas”, comentou Felipe Carreras durante a reunião, que também contou com a presença da vereadora Aline Mariano (PMDB), do diretor de Atendimento do Detran, Wanderson Florêncio, e do cicloativista Alcides Neto.

De acordo com Alcides Neto, da Ciclo Adventure, o maior número de desrespeito no trânsito com ciclistas é causado por motoristas que estão dirigindo a trabalho, como motoristas de ônibus, taxistas e motoboys.

“O desafio agora é fazer com que as pessoas que utilizam a bicicleta como meio de transporte para ir ao trabalho se sintam mais seguras no trânsito”, disse Aline Mariano, que aproveitou a ocasião para reafirmar seu apoio ao projeto.

Além de solicitar a inclusão de questões que versem sobre respeito entre motoristas e ciclistas, tanto nos exames para obter ou renovar a carteira de habilitação, o documento entregue por Felipe Carreras sugere a possibilidade de incluir perguntas elaboradas por representantes de associações de ciclistas.

Na lista de propostas está ainda a inclusão dos temas bicicletas no trânsito e respeito aos ciclistas entre os assuntos debatidos durante os cursos de reciclagem para motoristas infratores. Nessas aulas, a proposta de Felipe Carreras é que, inclusive, o Detran esteja munido de material didático para distribuir com os condutores que tiveram a Carteira Nacional de Habilitação suspensa ou cassada.

Deixe uma resposta