Deixe um comentário

Penas dos mensaleiros serão executadas ainda no primeiro semestre

Foto: reprodução

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, disse ontem que as penas dos 25 condenados no processo do mensalão serão executadas até 1º de julho. A declaração foi dada em entrevista a agências internacionais de notícias. Perguntado sobre até quando os mandados de prisão seriam emitidos, Barbosa declarou: “Eu espero que até julho.

Julho é mês de férias aqui no tribunal. Mas a minha expectativa é que tudo se encerre antes de 1º de julho, antes das férias. Vai depender se eu conseguir a questão de prazo. Se não houver nenhum incidente, nenhuma chicana… Porque tudo isso é possível”.

À tarde, à imprensa brasileira, o presidente do STF reforçou: “Por mim, eu encerraria ontem (o processo). Mas, infelizmente, eu tenho que obedecer aos prazos. Em julho, espero encerrar tudo em relação a essa ação”.

Para o processo ser encerrado, ainda é necessária a publicação do acórdão, uma espécie de resumo das decisões tomadas ao longo do julgamento. Depois, os réus poderão recorrer das decisões e, só depois de julgados os recursos, poderá haver prisão — isto se os pedidos de revisão forem todos negados em plenário.

Para publicar o acórdão, primeiro é necessário que os ministros do STF entreguem seus votos por escrito, revisados. Até agora, além de Barbosa, cinco ministros fizeram isso: Marco Aurélio Mello, Gilmar Mendes, Carlos Ayres Britto e Cezar Peluso — os dois últimos, já aposentados. Faltam as manifestações de Ricardo Lewandowski, o revisor da ação, Dias Toffoli, Luiz Fux, Rosa Weber, Cármen Lúcia e Celso de Mello.

Entre os condenados, estão o ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do PT José Genoino, o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares e o operador das ilegalidades, Marcos Valério. Segundo o processo, eles desviaram dinheiro público para abastecer um esquema de compra de apoio político ao governo Lula no Congresso. Houve no STF 22 condenações a prisão e três a penas alternativas.

fonte:JornaldoCommercio

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: