Deixe um comentário

‘Para que comemorar falando mal do outro?’, diz FHC sobre evento do PT

O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso contestou, em entrevista à TV Globo, as críticas que recebeu do PT durante evento de comemoração dos 10 anos do partido à frente do Palácio do Planalto, realizado na noite desta quarta-feira (20) em São Paulo. Na ocasião, os petistas distribuíram uma cartilha de 15 páginas que compara a gestão do PT na presidência com os anos FHC, entre 1995 e 2002, e faz duras críticas ao governo tucano.

“Para que comemorar dez anos falando mal do outro? Comemore dizendo: fiz isso. Está bom, mas os outros também fizeram. No meu governo, nós mudamos o rumo do Brasil, de um país que não tinha credibilidade, de um país que tinha inflação muito alta, de um país que não tinha horizonte, para um país que teve horizonte”, afirmou o ex-presidente na entrevista.

No evento petista, a gestão FHC foi um dos principais alvos dos discursos. O ex-presidente Lula, em sua fala, fez diversas menções ao que considera as diferenças entre o governo tucano e os governos petistas e afirmou que seu partido “não tem medo do debate”.  “Eles [PSDB] estão inquietos porque percebem que estão sem valores, sem discursos, sem propostas porque toda e qualquer coisa que eles pensarem em fazer, nós fizemos mas e melhor. Por isso que nós queremos fazer esse debate com eles, com a opinião publica e imprensa. Se tem uma coisa que não temos medo é o debate”, disse.

Na entrevista, Fernando Henrique disse ainda que o PT não deveria se limitar a críticas a gestões anteriores, mas também fazer propostas para o país.”Eu fico honrado. Dão um passo e dizem: ‘Ah, o governo Fernando Henrique’.  Não é só dizer qual é o fracasso do outro.  O que vai propor? Eu acho que é um momento importante. Democracia, custou muito a criar. Nós todos, o PT também ajudou, criamos o sistema democrático. Isso implica que também haja competição”, afirmou.

Antes do evento do PT em São Paulo, o senador Aécio Neves, provável candidato do PSDB à disputa pela Presidência da República em 2014, subiu à tribuna do Senado para fazer um discurso em que ele enumerou o que chamou de “13 fracassos” petistas no governo. Entre os pontos citados pelo senador, estão o “sucateamento da indústria, inflação em alta, perda de credibilidade governamental e o desmonte das estatais”.

O discurso de Aécio foi rebatido pelo ex-presidente Lula no evento da noite. “Eu não vou responder a eles, vou dizer que nesses dez anos do PT, que a resposta que o PT deve dar a eles é a gente dizer que eles podem se preparar, eles podem juntar quem eles quiserem, porque nós vamos dar como resposta a eles a reeleição de Dilma como presidente em 2014. É essa a consagração da política dos trabalhadores”, disse Lula.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: