Arquivo de Tag | na poesia dramática de Ana Cristina Cesar

Uma tarde chuvosa no corpo e na alma, na poesia dramática de Ana Cristina Cesar

Uma tarde chuvosa no corpo e na alma, na poesia dramática de Ana Cristina Cesar

A professora, tradutora e poeta carioca Ana Cristina Cruz Cesar (1952-1983) é considerada um dos principais nomes da geração mimeógrafo (ou poesia marginal) da década de 1970. O poema “Chove” descreve uma tarde chuvosa e, enquanto a chuva caía, no coração da poeta chovia a chuva dos olhares que a seguiram. CHOVE Ana Cristina Cesar […]