Literatura

LITERATURA – Vinicius de Moraes – Poema dos olhos da amada

LITERATURA – Vinicius de Moraes – Poema dos olhos da amada

Vinicius de Moraes Poema dos olhos da amada Vinicius de Moraes Ó minha amada Que olhos os teus São cais noturnos Cheios de adeus São docas mansas Trilhando luzes Que brilham longe Longe nos breus… Ó minha amada Que olhos os teus Quanto mistério Nos olhos teus Quantos saveiros Quantos navios Quantos naufrágios Nos olhos […]

“Nada a temer senão o correr da luta, nada a fazer senão esquecer o medo…”

“Nada a temer senão o correr da luta, nada a fazer senão esquecer o medo…”

Luiz Carlos Sá, um compositor verdadeiramente genial O advogado, cantor e compositor carioca Luiz Carlos Pereira de Sá (o Sá do trio Sá, Rodrix e Guarabira), com seu parceiro Sergio Magrão (14 Bis e O Terço), fala na letra de “Caçador de Mim” sobre os pólos da vida: momentos de doçura, bondade, ferocidade e agressividade. […]

Poesia – João Cabral de Melo Neto – O sertanejo falando

Poesia – João Cabral de Melo Neto – O sertanejo falando

João Cabral de Melo Neto O sertanejo falando João Cabral de Melo Neto A fala a nível do sertanejo engana: as palavras dele vêm, como rebuçadas (palavras confeito, pílula), na glace de uma entonação lisa, de adocicada. Enquanto que sob ela, dura e endurece o caroço de pedra, a amêndoa pétrea, dessa árvore pedrenta (o […]

Flip 2020 é adiada por causa da epidemia de coronavírus

Flip 2020 é adiada por causa da epidemia de coronavírus

Festa Literária Internacional de Paraty deve acontecer em novembro, mas ainda não tem data definida Elizabeth Bishop em sua casa em Petrópolis Foto: Agência O Globo SÃO PAULO – A Festa Literária Internacional de Paraty não acontecerá mais entre os dias 29 de julho e 2 de agosto por conta do ” agravamento da pandemia global […]

….E naquele dia precisava esvaziar de mim mesma. Por Renata Carone Sborgia

….E naquele dia precisava esvaziar de mim mesma. Por Renata Carone Sborgia

Por Renata Carone Sborgia … de repente descobri que o maior arsenal bélico que podemos ter é um espirro ou uma tosse. É tiro certeiro, amigo. De repente muita coisa se tornou não politicamente correta: festas suntuosas, o passaporte lotado de carimbos… De repente a vida ficou num fio da navalha para todo mundo e […]

LITERATURA – Joaquim Cardozo – Tarde no Recife

LITERATURA – Joaquim Cardozo – Tarde no Recife

LITERATURA Joaquim Cardozo Tarde no Recife Joaquim Cardozo Tarde no Recife. Da ponte Maurício o céu e a cidade. Fachada verde do Café Maxime, Cais do Abacaxi. Gameleiras. Da torre do Telégrafo Ótico A voz colorida das bandeiras anuncia Que vapores entraram no horizonte. Tanta gente apressada, tanta mulher bonita; A tagarelice dos bondes e […]

MÚSICA –  Paulinho da Viola – Dama de Espadas

MÚSICA – Paulinho da Viola – Dama de Espadas

MÚSICA Paulinho da Viola – Dama de Espadas

O que “A Peste”, de Camus, tem a ensinar sobre a pandemia.

O que “A Peste”, de Camus, tem a ensinar sobre a pandemia.

Se existe uma metáfora útil em “A peste”, é esta: o medo deve levar à reflexão e à união. A epidemia é uma oportunidade de reaproximação. Artigo de Luciano Trigo para a Gazeta do Povo: Albert Camus escolheu como epígrafe de A peste uma citação enigmática de Daniel Defoe: “É tão válido representar um modo de […]

LITERATURA – Murilo Mendes – Candiga de Malazerde

LITERATURA – Murilo Mendes – Candiga de Malazerde

LITERATURA Murilo Mendes Candiga de Malazerde Murilo Mendes Eu sou o olhar que penetra nas camadas do mundo, ando debaixo da pele e sacudo os sonhos. Não desprezo nada que tenha visto, todas as coisas se gravam pra sempre na minha cachola. Toco nas flores, nas almas, nos sons, nos movimentos, destelho as casas penduradas […]

LITERATURA – Oito formas poéticas de curtir as férias –  Manoel de Barros

LITERATURA – Oito formas poéticas de curtir as férias – Manoel de Barros

LITERATURA Manoel de Barros Oito formas poéticas de curtir as férias Manoel de Barros 1 Não posso mais saltar na areia que nem um lambari que escapasse do anzol. Não posso mais dançar e dar salto mortal nas chuvas. Não posso mais subir na goiabeira do vizinho para catar goiaba. Agora eu passo as minhas […]