Deixe um comentário

Padilha diz que reforma trabalhista será votada: ‘governo não vai fazer acordo’

Senadoras ocuparam a Mesa do Senado para barrar votação da reforma

Por Letícia Fernandes

BRASÍLIA – O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse nesta terça-feira que a reforma trabalhista será votada ainda hoje no plenário do Senado.

A despeito dos protestos de senadoras da oposição, que ocuparam a Mesa do plenário e fizeram o presidente da Casa, Eunicio Oliveira, cortar a luz do local, Padilha afirmou que não haverá nenhum tipo de acordo.

— O governo não vai fazer acordo. E vai votar hoje — disse o ministro da Casa Civil, em evento no Palácio do Planalto.

Pouco depois do início do protesto, as luzes do plenário do Senado foram novamente acesas, mas a sessão convocada para votar a reforma trabalhista segue suspensa. O protesto da oposição começou por volta das 12h. Dispostas a ficar o quanto for necessário, as parlamentares pediram, inclusive, marmitas, que foram abertas na própria mesa do plenário.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: