Deixe um comentário

Marília Arraes insinua que culpa por pichações é do PSB

Pichações na casa da mãe de Marília. Foto: divulgação.

Pichações na casa da mãe de Marília. Foto: divulgação.

A vereadora do Recife Marília Arres (PSB), prima de Eduardo Campos (PSB) que rompeu com os socialistas por discordar com o projeto do partido, publicou um vídeo neste sábado (25) no seu Facebook, em que insinua que a legenda é responsável pelas pichações com agressões contra ela no Recife, essa semana.

“É muito lamentável, é muito triste a gente ver essa situação, principalmente de um grupo que se intitula portador do estandarte da nova política”, afirma no vídeo contra o PSB. “A partir do momento em que você tem uma atitude repressora, agressiva, você dá margem para que seus liderados também sejam assim.” Marília Arraes ainda cita diretamente o presidente do PSB em Pernambuco, Sileno Guedes, na postagem.

Veja o vídeo completo:

 Marília Arraes

Politician · 22,470 Likes

· 17 hrs · Edited ·

Aqui segue o meu depoimento sobre as agressões que sofri. Quando falo de exemplo, acho que as pessoas devem prestar muita atenção. Sobre o ocorrido, o presidente do PSB-PE, Sileno Guedes, falou que a culpa pelas agressões era MINHA, pela exposição excessiva nas redes sociais. Essa é uma declaração lamentável, digna de repúdio, MACHISTA. Uma declaração tão agressiva e preconceituosa quanto as pichações espalhadas pelo Recife.‪#‎democracia‬ ‪#‎liberdadedeexpressão‬ ‪#‎machismo‬ ‪#‎agressão‬‪#‎pichações‬ ‪#‎faltaderespeito‬

Treze muros do Recife amanheceram, nessa quinta-feira (23), pichados com o nome da vereadora e ofensas a ela. Uma das pichações foi feita em frente ao prédio da mãe da socialista, no bairro do Parnamirim, Zona Norte da capital.

Neta de Miguel Arraes e prima de Eduardo Campos, Marília não se envolveu na campanha dos candidatos da Frente Popular em Pernambuco. Além de participar da campanha de Dilma e de outros candidatos do PT em Pernambuco, Marília Arraes também fez várias críticas ao PSB local; principalmente ao prefeito do Recife, Geraldo Julio, de quem foi secretária da Juventude. As declarações incomodaram dirigentes do partido.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: