Deixe um comentário

Obras da Transposição paradas por falta de pagamento

As obras da Transposição do São Francisco no trecho entre Cabrobó (PE) e Penaforte (CE), onde está sendo construído um canal, voltaram a ser paralisadas, ontem, porque a empreiteira Mendes Júnior não está pagando em dia as empresas terceirizadas. Segundo trabalhadores que entraram em contato com a redação deste blog, tem empresa terceirizada que não recebe há mais de cinco meses.

Já a empresa de alimentação Xique-Xique, que cuida das refeições diárias dos trabalhadores, estaria com uma pendência acima de R$ 2 milhões, o que vem refletindo na baixa qualidade nutricional das refeições servidas. “Ontem, serviram cuscuz, macarrão, feijão e um pedaço de frango para o jantar”, disse um dos trabalhadores.

“A lei manda que as refeições tenham pelo menos dois tipos de proteína. Pela manhã, estamos comendo pão com margarina no café”, disse um dos trabalhadores. Neste trecho, segundo ele, trabalham, hoje, em torno de 1,5 mil operários. O total já foi bem maior, mas a Mendes Júnior, ainda segundo os trabalhadores, que pediram anonimato para não serem perseguidos, mais de 400 foram demitidos pela empreiteira na semana.

“O Governo, devido a campanha, pressionou a Mendes Júnior, que readmitiu”, contou um deles. Os trabalhadores temem, entretanto, que após as eleições, possa ocorrer demissão em massa, principalmente por parte das empresas terceirizadas que não estão tendo mais condições de arcar com as despesas sem receber da Mendes Júnior.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: