Deixe um comentário

Roberto Jefferson afirma que o caso Petrobras é uma sequência do mensalão

No primeiro dia fora da cadeia desde que foi preso, em fevereiro, o ex-deputado Roberto Jefferson, 61, afirmou à Folha que o escândalo da Petrobras é o “epílogo do mensalão”, que ele denunciou ao jornal em 2005. O petebista diz que os dois casos tiveram a mesma motivação: financiar o “projeto do PT para se perpetuar no poder”. “O mensalão foi o prefácio. Agora o Brasil está lendo o epílogo”, afirma. Jefferson acusa a presidente Dilma Rousseff de proteger corruptos para preservar seu partido e compara o aliado Aécio Neves (PSDB) ao lutador Rocky, personagem de Sylvester Stallone. “É o Aécio Balboa. Apanhou nove assaltos e virou a luta no décimo.” Condenado por corrupção passiva e lavagem de DINHEIRO no mensalão, o ex-deputado recebeu a reportagem nesta segunda-feira (13) no escritório de advocacia em que começou a trabalhar, no Rio. Horas depois, voltaria à cadeia. Ele quer mudar para o regime aberto daqui a seis meses e já sonha em retornar ao Congresso em 2022, quando recuperar os direitos políticos. “Eu voltarei”, promete. LEIA MAIS ; http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/10/1531977-caso-petrobras-e-epilogo-para-o-mensalao-diz-roberto-jefferson.shtml

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: