Deixe um comentário

Após derrota de Marina, Giannetti declara apoio a Aécio

Economista Eduardo Giannetti da Fonseca

Economista Eduardo Giannetti da Fonseca declara apoio a Aécio Neves (Germano Luders/VEJA)

O economista Eduardo Giannetti da Fonseca, responsável pela área econômica do programa de governo de Marina Silva, declarou neste domingo apoio ao candidato tucano Aécio Neves, que disputará o segundo turno contra a presidente Dilma Rousseff. “Com Dilma, não dá”, disse Giannetti ao chegar ao Espaço do Bosque, no bairro da Lapa, em São Paulo, para onde a ex-senadora se dirigiu após voltar do Acre. O economista esclareceu que esta é a sua opinião e que não fala na condição de porta-voz de Marina.

Disse Giannetti: “Eu, pessoalmente, apoio o Aécio. Mas não é uma posição da coligação. Porque eu acho que não vai ser bom para o Brasil mais quatro anos de Dilma. É muito tempo no poder. Eu acho que o primeiro mandato do Lula foi excepcional. De alta qualidade. Talvez a melhor coisa da democracia brasileira em muito tempo. A gente ter tido aquela alternância de poder com a seriedade com que ela foi conduzida. Esse bom caminho começou a se perder no segundo mandato do Lula, e se aprofundou ao pior no mandato da Dilma”, afirmou o economista.

Como já havia afirmado em outras ocasiões, Giannetti disse que será possível reverter o quadro de deterioração econômica ainda em 2015. “Isso ocorreu no primeiro ano do segundo mandato do Fernando Henrique e ocorreu no primeiro ano do primeiro mandato do Lula. Não é muito diferente. Agora, tem de restabelecer a confiança. Com a Dilma não vai ter isso. A chance que a gente tem é com o Aécio”, afirmou. (Talita Fernandes, de São Paulo)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: