Deixe um comentário

Ameaça do PMDB a Cid: se agredir, vai depor na CPI

 Diante do empate técnico entre os candidatos Eunício Oliveira (PMDB) e Camilo Santana (PT) na corrida pelo governo do Ceará, os peemedebistas mandaram um recado velado ao governador Cid Gomes, padrinho da candidatura petista: se houver mais alguma ofensiva de baixo nível contra Eunício, Cid será chamado a depor na CPMI da Petrobras para explicar o surgimento de seu nome entre aqueles que têm alguma ligação com o esquema de desvio de verbas da empresa. Cid já negou que tenha qualquer envolvimento. Pediu e obteve decisão judicial para o recolhimento da publicação que citou seu nome.

O PMDB, entretanto, quer mais do governador. Até aqui, Eunício passou pelo constrangimento de ver sua esposa, Mônica, revistada quando se preparava para embarcar em uum avião particular rumo a uma reunião de senhoras em prol da candidatura peemedebista. Não foi encontrado que pudesse ser considerado crime eleitoral. O mesmo ocorreu com uma caminhonete da campanha, parada em uma estrada. Diante dos incidentes, surgiu o requerimento de convocação de Cid, assinado pelo deputado João Magalhães (PMDB-MG). E nunca é demais lembrar que o presidente da CPMI também é peemedebista e liderado de Eunício. (Denise Rothenburg – Correio Braziliense)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: