Agora é saber quem bate em quem

Aécio: ponte com o PMDB do Rio

Eduardo Campos vinha sendo poupado das artilharias petistas e tucanas por motivos mais do que óbvios – PT e PSDB queriam seu apoio no segundo turno.

Agora, com Marina Silva, a pólvora já está sendo colocada nos canhões de ambos os partidos. O PT, que batia somente em Aécio Neves, vai ter que definir quem prefere enfrentar no segundo turno e apontar suas balas mais potentes para somente um dos dois oposicionistas.

Se continuar batendo somente em Aécio, ajudará a inflar o balão de Marina.

Já Aécio Neves, que só atacava o governo, terá que descer a borduna em Dilma e em Marina com igual intensidade. (Lauro Jardim – Veja Online)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.