Escritora critica aumento da popularidade do futebol nos Estados Unidos

Segundo Ann Coulter, o futebol representa um estilo de vida irresponsável e a “culpa” por sua popularidade está na imigração

CHIP SOMODEVILLA

O futebol parece ter “pegado” de vez nos Estados Unidos. O desempenho da seleção americana, que enfrentará a Bélgica na próxima terça-feira na Arena Fonte Nova pelas oitavas de final, tem lotado praças e bares por todo o país. No entanto, nem todos estão empolgados com o crescimento da popularidade do esporte.

Ann Coulter, renomada escritora, publicou uma coluna no site The Clarion Lodger afirmando que “qualquer aumento de interesse no futebol só pode ser interpretado como um sinal de decadência”. Para ela, a coletividade do esporte denuncia uma visão de mundo em que ninguém pode ser responsabilizado pelas ações que cometem. “No futebol, a culpa é dispersada e quase ninguém marca gols de qualquer forma. Não há heróis, não há perdedores ou senso de responsabilidade”, afirmou.

Coulter também concluiu que a culpa da popularidade do futebol nos Estados Unidos está na imigração. “Nenhum americano cujos tataravôs nasceram aqui está assistindo futebol”, finalizou.

 

fonte:correio braziliense

Um comentário sobre “Escritora critica aumento da popularidade do futebol nos Estados Unidos

  1. Penso que por mais babaca que seja, todo mundo tem o direito de dizer o que pensa! E tenho dito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.