HOJE BANDEIRAS TREMULAM,É O ANIVERSÁRIO DE VOLPI

Aniversário de Volpi

Alfredo Volpi, se estivesse vivo, estaria fazendo aniversário hoje. Ele nasceu na Itália, no dia 14 de abril de 1896 e faleceu em 28 de maio de 1988, com 92 anos, em São Paulo. Embora nascido na Itália, passou a vida no Brasil, pois veio com os pais imigrantes em 1897. Era auto didata e nada conservador em suas pinturas.



Artista plástico Alfredo Volpi ao lado de “Um Papagaio de Papel”, em junho de 1956




Trabalhou como artesão, marceneiro, entalhador, entre outros ofícios. Firmou-se como pintor, após iniciar sua participação em mostras coletivas em 1925. Na década de quarenta, participou do grupo Santa Helena ( artistas que se reuniam no palacete Santa Helena,em São Paulo, para retratar paisagens e costumes paulistanos); embora destoando das técnicas e estilo conservador utilizado pelos artistas do grupo, foi onde conheceu o pintor italiano Ernesto de Fiori, que influenciaria suas obras, de uma forma mais marcante.Também sofreu influência de pintores impressionistas e clássicos como Cézanne, Giotto, Ucello., até chegar ao próprio estilo e marca registrada: as formas geométricas e bandeirinhas.

Pintou também paisagens marinhas após sua estada em Itanhaém, cidade do litoral paulista, onde foi morar acompanhando sua esposa, que fora tratar de um problema de saúde, mas a sua maior contribuição para a arte brasileira moderna, foi a fase das bandeirinhas, em seu trabalho intitulado “Bandeiras e Mastros”.

Preparava suas próprias tintas, adicionando pigmentos naturais, clara de ovo e outras substâncias como argila, a emulsões de verniz. Suas telas também eram preparadas por ele.

Ganhou o prêmio de melhor pintor brasileiro, na 2ª Bienal de São Paulo, tornando-se assim, a partir daí, um pintor famoso, inclusive no exterior, expondo suas obras até mesmo em Veneza.

Volpi estava sempre muito bem informado das correntes artísticas do seu tempo,embora não se filiasse a nenhuma delas, pois mantinha sempre seu estilo e trajetória extremamente pessoal.

Algumas obras:


 

Deixe uma resposta