Putin elogia performance de ativista de topless do Femen

O presidente russo reagiu com uma expressão de surpresa quando uma ativista do grupo feminista Femen se aproximou dele exibindo os seios quando Vladimir Putin visitava o Salão da Indústria de Hanover (Alemanha). O líder de Moscou estava acompanhado da chanceler alemã, Angela Merkel.

As integrantes do Femen, grupo que nasceu na Ucrânia em defesa dos direitos das mulheres, chamaram Putin de “ditador” durante o protesto. Para a chanceler, um outro recado: “Merkel, sangue nas suas mãos”.

Apesar da mensagem agressiva, Putin gostou do que viu:

“Em relação à sua performance, eu gostei”, disse Putin durante entrevista coletiva ao lado de Merkel, acrescentando que o pessoal da segurança poderia ter sido “mais gentis”, de acordo com a agência Reuters.

Se por um lado Putin elogiou a manifestante, por outro disse que “é melhor estar vestido para discutor questões políticas”.

Rússia e Ucrânia vivem constante disputa por causa de gás natural e Moscou é acusado de interferir na política do país vizinho, que era parte da União Soviética.

Pouco depois, Putin viajou à Holanda, onde o presidente teve uma recepção mais tranquila, sem ativistas do Femen.

Fotos: AP e AFP

Um comentário sobre “Putin elogia performance de ativista de topless do Femen

  1. bando de vadias, mas o importante ela conseguiu, ser clickada, deve estar agora contando e se exibindo em quantos meios a foto dela apareceu ,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.