O outro lado: secretário nega ‘foco’ no governador

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O secretário especial de Imprensa do Estado de Pernambuco, Evaldo Costa, afirma que não há promoção pessoal do governador Eduardo Campos (PSB) no ‘Diário Oficial’.

‘Usamos linguagem jornalística. E, como cobrimos eventos nos quais o governador é o personagem principal, naturalmente ele é o centro da noticia’, diz.

Costa afirma que a cobertura do ‘Diário Oficial’ tem foco na ação ‘política e administrativa’ de Campos. ‘Nós não focamos a pessoa do governador’, diz o secretário de Imprensa.

Segundo ele, a circulação do ‘Diário Oficial’ é restrita a repartições públicas de Pernambuco. ‘Não se trata de veículo de comunicação de massa, mas de instrumento de difusão de atos oficiais. Não há circulação pública, como a própria tiragem deixa claro’, diz Costa.

Ainda de acordo com o secretário de Imprensa do governo Campos, a impessoalidade na publicidade institucional é acatada ‘em todas as dimensões’ no Estado de Pernambuco.

‘Temos a convicção da correção dos atos praticados’, conclui. (Da Folha de S.Paulo)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.