Deixe um comentário

Azenha anuncia fim do blog “Viomundo” e parte para escrever um livro

Na noite da última sexta-feira (29/4), o jornalista Luiz Carlos Azenha anunciou o fim do seu blog Viomundo  , um dos mais acessados da chamada “blogosfera progressista”, após uma ação judicial movida pelo diretor da Central Globo de Jornalismo, Ali Kamel, informou o portal Última Instância.
Crédito:Divulgação
Para jornalista, Globo consegue calar os veículos como a ditadura não fazia
Na ação, Azenha foi condenado a pagar R$ 30 mil a Ali Kamel. Em seu blog, o jornalista lamentou a judicialização do debate político e disse que os grandes meios de comunicação estão conseguindo, pelo bolso, aquilo que nem a ditadura (1964-1985) conseguiu, “calar os veículos alternativos”.
“Durante a ditadura militar, implantada com o apoio das Organizações Globo, da Folha e do Estadão— entre outros que teriam se beneficiado do regime de força — houve uma forte tentativa de sufocar os meios alternativos de informação, dentre os quais destaco os jornais Movimento e Pasquim. Hoje, através da judicialização de debate político, de um confronto que leva para a Justiça uma disputa entre desiguais, estamos fadados ao sufoco lento e gradual”, afirmou Azenha.
Ainda no post, o jornalista disse estar certo de que seus leitores e apoiadores encontrarão alternativas à altura. “O certo é que as Organizações Globo, uma das maiores empresas de jornalismo do mundo, nominalmente representadas aqui por Ali Kamel, mais uma vez impuseram seu monopólio informativo ao Brasil”, escreveu.
Segundo Azenha, ele, Rodrigo Vianna, Marco Aurelio Mello e outras testemunhas — identificadas ou não — preparam um livro com os bastidores da cobertura da eleição presidencial de 2006 na Globo, além de retratar tudo o que foi testemunhado pessoalmente em 2010 e 2012.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: