Deixe um comentário

Câmara e Senado deverão gastar R$ 23 milhões por dia em 2013

Plenário vazio na Câmara dos Deputados na tarde desta quinta feira da semana passada Foto: André Coelho / O Globo
Plenário vazio na Câmara dos Deputados na tarde desta quinta feira da semana passada André Coelho / O Globo

Em 2013, a Câmara dos Deputados e o Senado Federal devem gastar R$ 23 milhões por dia. Por ano, vão gastar juntos R$ 8,5 bilhões. O valor é o equivalente a todo o orçamento autorizado para Belo Horizonte (MG) em 2012 – R$ 8,8 bilhões – e à soma dos gastos de seis ministérios do governo Dilma Rousseff: Cultura, Pesca, Esporte, Turismo, Meio Ambiente e Relações Exteriores. (Veja quanto o Congresso gastou desde 2003)

No levantamento feito pelo site Contas Abertas, entre os gastos, estão incluídos os salários dos 15.647 servidores efetivos e os que trabalham em cargo de comissão da Câmara e dos 6.345 do Senado. As despesas, previstas na proposta Orçamentária da União para 2013, também contemplam aposentadorias, pensões, indenizações, compra de materiais de consumo, serviços de terceiros, entre outros itens.

Em 2012, o Congresso Nacional gastou R$ 7,6 bilhões – 10% a menos que o previsto para o atual exercício. Desse total, R$ 373 milhões, ou 5% do valor, foram destinados ao custeio de despesas pendentes em 2011.

Apenas com o pagamento de salários foram gastos R$ 3 bilhões, o que representa 40% das despesas do Congresso. Além dos salários propriamente ditos, dentro desse valor estão incluídos os adicionais noturnos, as incorporações, os adicionais de periculosidade e insalubridade, as férias, o 13º salário, entre outros. Só em adicional noturno, por exemplo, Câmara e Senado pagaram R$ 4,4 milhões em 2012.

Mais de R$ 50 milhões com horas extras

 

Já as despesas com horas extras chegam a R$ 52 milhões. A Câmara dos Deputados foi responsável por R$ 44,4 milhões desse montante. O valor gasto pelo Senado só não foi maior porque a Casa economizou R$ 35 milhões com despesas de horas extras no ano passado, após a implementação do banco de horas.

Atrás apenas dos vencimentos, a maior despesa do Legislativo em 2012 foi com o pagamento de aposentadorias. Ao todo, R$ 1,7 bilhão foi gasto com os 2.839 servidores aposentados do Senado e com os 2.563 da Câmara. Em seguida, estão os custos das pensões, que somaram R$ 529 milhões.

fonte:oglobo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: