Deixe um comentário

Carnaval de Olinda movimentou R$ 120 milhões, o dobro de 2012

2d4d02f00fd7145000431f64382543ad.jpg

As 2,5 milhões de pessoas que passaram por Olinda, no Grande Recife, durante os dias de folia movimentaram R$ 120 milhões. Os números do Carnaval 2013 foram divulgados pela Prefeitura de Olinda na manhã desta Quarta-feira de Cinzas (13).

A movimentação na economia equivale ao dobro do ano passado, incluindo a soma dos comércios formal e informal na cidade. A festa da cidade ainda gerou 65 mil empregos temporários no período.

De acordo com a Prefeitura, Olinda recebeu pelo menos 100 mil turistas. O número de visitantes – aqueles que apenas passam pela cidade para curtir a folia e ficam por menos de 24 horas – foi seis vezes maior, de 600 mil. Os hotéis e pousadas tiveram índice de ocupação de 98%.

POLÍCIA – O balanço da Prefeitura apontou um Carnaval tranquilo na cidade. Nenhuma morte por violência foi registrada nos polos de folia. Nenhum dano ao patrimônio público também foi registrado.

No entanto, 38 pessoas foram detidas por fazer xixi na rua como resultado da campanha de preservação do patrimônio, que instalou 282 cabines sanitárias no Sítio Histórico. O prefeito Renildo Calheiros disse, ainda, que pretende intensificar as campanhas de combate à cultura de urinar em locais públicos da cidade.

Ainda foram registradas 76 ocorrências por desordem e 21 por atos libidinosos. O total de boletins de ocorrência registrados foi de 96.

A Guarda Municipal resgistrou, até esta quarta-feira, 2.200 pessoas que perderam seus documento, mas apenas 326 compareceram à sede da guarda para recolher os documentos. O folião pode conferir se seus documentos foram encontrados atravé do site do Carnaval de Olinda.

SAÚDE – As unidades de saúde tiveram 1.221 atendimentos nos dias de folia, dos quais 1.174 foram procedimentos clínicos. Os dados não incluem, entretanto, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade Tabajara.

LIMPEZA URBANA – Após os quatro dias de festa, 390 toneladas de lixo foram recolhidas apenas no Sítio Histórico. Deste número, 18 toneladas correspondem a resíduo reciclável. Para lavar as ruas da cidade, foram usadas 320 mil litros de água com eucalipto.

TRANSPORTE – Montado no Memorial Arcoverde, o Estacionamento Legal atendeu a cerca de 17 mil pessoas e 5 mil veículos. Os foliões que deixavam o carro no local – que fica próximo ao Espaço Ciência – seguiam até próximo da folia em 12 ônibus exclusivos para o serviço.

Apesar dos táxis do Recife e Jaboatão dos Guararapes terem sido liberados para circular em Olinda durante a folia, o prefeito reconheceu que a frota não foi sufuciente para atender a todos que precisaram. “O táxi é um problema que a gente ainda precisa melhorar”, constatou.

Cerca de 300 multas foram aplicadas, a maioria por estacionamento em local proibido. Participaram da orgnização do trânsito 69 agentes e mais 300 auxiliares, que deram orientações aos motoristas.

Fonte: NE10

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: