Dona do Burger King compra operação da Starbucks no Brasil

O valor inicial da transação foi R$ 120 milhões

starbucks
(Imagem ilustrativa) Foto: Pexels

Nesta quinta-feira (6), a operadora de redes de fast food Zamp, dona do Burger King, anunciou a compra da operação brasileira da rede de cafeterias norte-americana Starbucks, por um valor base de R$ 120 milhões. A informação foi divulgada pela empresa em comunicado ao mercado.

Conforme o comunicado, o valor da transação ainda está sujeito a ajustes para refletir a quantidade de lojas adquiridas e o nível de estoque na data de fechamento.

A conclusão da operação depende de “determinadas condições suspensivas”, que incluem a autorização judicial no âmbito da recuperação judicial da SouthRock, a aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), e a celebração de contratos definitivos com a Starbucks Corporation.

A SouthRock, que operava a Starbucks no Brasil, pediu recuperação judicial no final do ano passado e possui cerca de 140 lojas da marca no país. Assim, a Zamp vai adquirir os ativos por meio de um processo competitivo de propostas fechadas, podendo igualar eventuais ofertas apresentadas por terceiros.

A empresa, que também administra os restaurantes da rede Popeyes, terá direito a indenização caso não vença o processo competitivo. Outro ponto dessa negociação é que a Zamp já acertou um acordo com a Starbucks Corporation sobre os termos e condições dos principais contratos para a exploração da marca e o desenvolvimento das operações da Starbucks no Brasil.