Michelle Bolsonaro diz que marido será o próximo presidente

Da Gazeta do Povo
A ex-primeira-dama e presidente do PL Mulher, Michelle Bolsonaro, disse desconfiar de “antecipações exageradas relativas às eleições de 2026” que colocam o seu nome como preferencial entre os eleitores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e afirmou que o seu marido está “mais ativo do que nunca”. Michelle também disse acreditar que Bolsonaro “será o nosso próximo presidente”.

A declaração foi dada durante entrevista concedida ao jornal Pleno News, nesta terça-feira (4).

“Recentemente, eu afirmei que desconfiava de antecipações exageradas relativas às eleições de 2026. Disse isso por uma razão bem específica: penso que tem alguém – ou ‘alguéns’ – muito interessado em acelerar o processo de apresentação de nomes de prováveis presidenciáveis. Parece até uma tentativa de diminuir a importância do nome do meu marido no cenário político nacional. Lamento dizer para esses ‘precoces’: o Jair está mais ativo do que nunca, nós estamos trabalhando para reverter as injustiças que ele vem sofrendo e eu acredito que ele será o nosso próximo presidente”, disse a ex-primeira-dama.

 

De acordo com Michelle, “é fácil perceber que as pessoas estão sedentas por mudanças” e que “não querem essa ‘cena do crime’ que está aí”.

“Os brasileiros, apesar das grandes crises que o nosso governo enfrentou, experimentaram o que é ser governado por um presidente patriota, honesto e que acredita no Brasil. O meu marido sempre respeitou o pagador de impostos e colocou o benefício do povo em primeiro lugar em todas as suas decisões. Tendo experimentado esse tipo de governo, nosso povo não aceita mais que uma ‘cleptocracia’ governe os nossos destinos”, completou a ex-primeira-dama.

Depois de se distanciar de uma possível indicação de Bolsonaro para concorrer à Presidência, Michelle deixou em aberto a possibilidade de concorrer a uma vaga no Senado.

“A forma como eu ingressei no mundo da política partidária foi bastante casual, sem pressões ou planejamentos. Pediram-me para discursar para as pessoas no lançamento da campanha eleitoral do meu marido em 2022. E, algo anteriormente impensado por mim, aconteceu. De repente, eu estava falando para […] Eu entendi que Deus manda seus “recados” para nós, de diferentes formas. Eu entendi a missão que Ele me deu. Eu sou obediente ao meu Deus, então, eis-me aqui! Se Deus me quiser como uma representante eleita pelo povo, eis-me aqui! Se Ele me quiser somente no PL Mulher: eis-me aqui! Se a vontade Dele for que eu fique na minha casa e com o meu voluntariado: estarei eu aqui, sempre pronta para fazer o que o meu Deus quiser. Na hora certa, Ele falará. Ele sempre fala. Tenho boas amizades no Senado, quem sabe isso não seja um bom sinal? Aguardemos”, afirmou.