Deixe um comentário

Trump critica imprensa e forga surra na CNN

Presidente dos EUA tuita um vídeo em que dá vários socos em um homem no qual puseram digitalmente o logotipo da rede de TV

El Pais – Pablo de Llano

A dois dias do Dia da Independência, símbolo da unidade dos norte-americanos, Donald Trump criou seu próprio espetáculo de fogos de artifício e má vontade política. Os EUA, um país já quase curado dos espantos com os tuítes de seu presidente, mas em constante renovação do nível de assombro, assistiu neste domingo à publicação por parte de Trump de uma montagem de vídeo na sua conta pessoal de Twitter na qual o máximo dignitário da nação aparece como um valentão golpeando ao lado de um ringue uma pessoa com o logotipo da CNN –nêmesis midiática do presidente– sobreposto na cabeça.

Ou seja: a imagem física do presidente dando uma surra em um jornalista de um meio de comunicação, setor que Trump categorizou como “o inimigo do povo americano”.

O tuíte viralizou rapidamente e passou de imediato do terreno do absurdo ou cômico para o da crispação política, clima que o presidente endossa sistematicamente, convencido de que a razão de ter chegado à presidência, e que pode mantê-lo no poder, é a transformação da política nacional em uma permanente briga-espetáculo entre sua América popular e a América das elites, encarnada, segundo ele, pelo status quo político de Washington e os órgãos de mídia de massas. Trump concebe sua presidência como um combate de luta livre norte-americana. Um show exacerbado que excita o público e no qual se deve tomar o partido de um lutador: neste caso, o presidente contra a CNN ou The New York Times ou The Washington Post…, ou sintetizando em seu jargão: os fake media ou mídias mentirosas.

Confira o vídeo e leia a reportagem na íntegra aqui: Trump volta à carga contra imprensa e forja ‘surra’ na CNN no Twit

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: