Deixe um comentário

“Não represento o PT”, diz Dilma

A presidente Dilma Rousseff negou hoje apoiar a resolução de seu partido, o PT, que faz críticas duras ao candidato derrotado Aécio Neves (PSDB), prega um projeto de “hegemonia” petista na sociedade e a regulação da mídia. “Eu não represento o PT”, disse.

Dilma conversava com jornalistas de meios impressos no Palácio do Planalto na tarde desta quinta e fazia a defesa do diálogo. “Eu não estou propondo nenhum diálogo metafísico. Quero discutir propostas”, afirmou Dilma quando a reportagem da Folha de S.Paulo a interpelou sobre a resolução petista, que tem tom beligerante. “Eu não represento o PT. Eu represento a Presidência. A opinião do PT é a opinião do partido, não me influencia. Eu represento o país, não sou presidente do PT, sou presidente dos brasileiros”, afirmou.

A resolução petista, aprovada pela Executiva Nacional do partido na segunda-feira, afirma que Aécio estimulou “forças neoliberais” com nostalgia da ditadura militar, racismo e machismo. Para Dilma, é uma queixa partidária. “É deles, é típico”, afirmou, ressaltando que a oposição também é acusada da mesma agressividade.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: